Vídeo: Argentina tem protestos contra presença de ditadores

Nesta terça-feira (24), manifestantes tomaram às ruas de Buenos Aires, na Argentina, para condenar a presença de representantes de governos ditadores em seu país, em razão da reunião da 7ª Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), evento que celebra o retorno do Brasil ao bloco.

De acordo com a ativista pelos direitos humanos e membro-fundadora do Foro Argentino por la Democracia en la Región (FADER), Elisa Trotta Gamus, há militantes vindos de países sufocados pela falta de liberdade, como Venezuela, Cuba e Nicarágua.

A Venezuela é governada pelo ditador Nicolás Maduro, Cuba por Miguel Díaz-Canel e a Nicarágua por Daniel Ortega.

Gamus vibrou com a ausência de Nicolás Maduro, que desistiu de ir ao evento por diversos fatores ligados à sua segurança. Ela usou o Twitter para expressar sua indignação com a presença de chefes de regimes totalitários em solo argentino e para publicar a manifestação que comandou.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *