Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Vasco sofre goleada para o Cruzeiro e é eliminado na Copa Libertadores

O Vasco foi goleado pelo Cruzeiro por 4 a 0 dentro do estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (2), em jogo válido pela quinta rodada da Copa Libertadores, resultado que elimina o clube carioca da competição.

Parte da torcida vascaína não aceitou o novo vexame e iniciou um tumulto nas arquibandadas após a marcação do terceiro gol adversário, ainda no primeiro tempo.

Com apenas dois pontos, o time cruzmaltino encerra a participação no Grupo 5 do torneio diante da Universidad de Chile, no dia 22, em Santiago. O Cruzeiro, líder da chave com oito pontos, jogará no mesmo dia, às 21h30, no Mineirão, contra o Racing-ARG.

O jogo

A equipe vascaína começou a partida dando esperanças aos torcedores que compareceram em São Januário de manter o sonho da classificação para as oitavas de final da Libertadores.

O meio-campista Thiago Galhardo arriscou de fora da área primeira chegada do Vasco ao ataque, ainda no primeiro minuto de jogo, mas o goleiro Fábio encaixou a bola com facilidade. O time da casa parecia ter força para quebrar um jejum de quase 12 anos sem vencer a equipe celeste dentro de seus domínios.

Mas o panorama começou a mudar aos 9 minutos, quando o zagueiro cruzeirense Léo desviou uma falta cobrada pelo lateral-esquerdo Egídio para fazer o primeiro do time mineiro.

O Cruzeiro ampliou aos 24, com o meia Thiago Neves, após receber passe de Arrascaeta em mais uma jogada com a participação de Egídio. E oito minutos mais tarde, o atacante Sassá acertou um chute sensacional de fora da área para ampliar a vantagem do Cruzeiro e detonar uma crise na torcida vascaína.

Revoltados com mais um vexame do time e a iminente desclassificação na Libertadores, alguns torcedores iniciaram um tumulto nas arquibancadas, atrás do gol onde estava Martín Silva. O atual presidente do clube, Alexandre Campello, foi hostilizado.

Houve confronto com a Polícia Militar e o árbitro Anderson Daronco decidiu paralisar a partida, aos 37 minutos, até que a confusão diminuísse. O jogo foi retomado seis minutos mais tarde.

Segundo tempo

O Vasco voltou do intervalo com disposição e buscando o primeiro gol. A equipe teve duas oportunidades — uma delas com Riascos, que acertou o travessão do goleiro Cruzeirense — mas a animação do time em campo durou pouco. Aos 9 minutos, o Cruzeiro chegou ao quarto gol novamente por intermédio do atacante Sassá.

O gol da equipe celeste tirou qualquer possibilidade de reação por parte dos vascaínos. No banco, o técnico Zé Ricardo não escondia a decepção por mais uma goleada sofrida na Libertadores.

Grande parte dos torcedores deixou o estádio antes da metade do segundo tempo. E, entre os poucos que ficaram nas arquibancadas, houve várias brigas.

Próximo jogo

O Vasco voltará a campo no próximo sábado (5), às 19 horas, para enfrentar o América Mineiro, novamente em São Januário, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Já o time cruzeirense receberá o Botafogo no domingo, às 16 horas, no estádio do Mineirão.

Categoria: Esporte
Tag:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*