Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Cantora Christina Grimmie morre após ser baleada em show nos EUA

2016-06-11t060541z_1301872140_s1aetjfwntaa_rtrmadp_3_florida-shootingA cantora Christina Grimmie não resistiu aos ferimentos e morreu aos 22 anos após ser baleada em show nos Estados Unidos. As autoridades locais confirmaram a notícia na madrugada deste sábado, 11. A ex- participante da versão norte-americana do “The Voice” foi atingida por tiros enquanto distribuía autógrafos após se apresentar em Orlando. “É com profundo pesar que confirmamos que Christina Grimmie morreu em decorrência dos ferimentos”, afirmou a polícia de Orlando através de seu perfil no Twitter.
Christina Grimmie foi baleada após show na noite desta sexta-feira, 10, no The Plaza. A polícia de Orlando confirmou que a cantora foi ferida em um tiroteito e que duas outras pessoas foram baleadas. “O suspeito, que a polícia ainda não identificou, se matou em seguida. O suspeito está morto”, afirmou o twett.
Grimmie participou da sexta temporada da edição norte-americana do programa “The Voice”, em 2014, integrando o time do cantor Adam Levine e ficando em terceiro lugar. Ela tinha acabado de fazer o show de abertura para a banda Before You Exit. Wanda Miglio, porta-voz da polícia de Orlando, contou em entrevita à imprensa local que tudo aconteceu enquanto Grimmie distribuía autógrafos.
“Ela estava atendendo alguns fãs quando um homem carregando duas pistolas abriu fogo para todos os lados e atirou em Grimmie”, contou a oficial. De acordo com a revista “People”, o irmão de Christina Grimmie chegou a derrubar o suspeito no chão antes dele se suicidar.
Famosos lamentam
Assim que a notícia se espalhou, famosos usaram as redes sociais para mandar mensagens de apoio a Christina Grimmie com a hashtag “PrayForChristina”. Após a confirmação da morte de Christina, Demi Lovato lamentou: “RIP Christina. Meus pensamentos e minhas orações estão com seus entes queridos”, escreveu ela em seu perfil no Twitter.
“Não existem palavras. Perdemos uma alma linda com uma voz incrível. Nossos corações estão com os amigos, fãs e família de Christina Grimmie”, foi a mensagem do perfil oficial do programa “The Voice” no Twitter.
Fonte : O Globo

Professora é procurada após engravidar do aluno de 13 anos

20160601091818WmqbfKiYynA professora Alexandria Vera, de 24 anos, está sendo procurada por abuso sexual após engravidar de um aluno de 13 anos em Houston, no estado do Texas (Estados Unidos).
No tribunal, a professora afirmou que os dois mantinham um relacionamento com o jovem desde setembro do ano passado e que a família dele tinha conhecimento da situação, aprovava a relação e, inclusive, estava feliz com a chegada do bebê.
A emissora KPRC informou que o relacionamento começou após o garoto faltar a uma aula e a professora dar a ele o número de telefone dela. Depois disso, os dois começaram a conversar e iniciaram os encontros. Aos promotores, Alexandria afirmou que as relações sexuais aconteciam quase todos os dias.
O relatório do processo ainda consta que o primeiro contato sexual entre os dois aconteceu na casa do estudante, aproveitando a ausência dos pais dele. Um dia antes, eles haviam se beijado dentro do carro no dia em que a professora deu carona para ele.
Um aluno da instituição Stovall Middle School afirmou que o jovem agarrava o bumbum da professora na frente de todos, e que os dois não escondiam o relacionamento.
Alexandria, que é mãe de uma menina, alega ter sofrido um aborto por conta do nervoso após descobrir que estava sendo investigada, em abril deste ano. Ela está afastada da escola desde então.
O relatório do processo ainda consta que o primeiro contato sexual entre os dois aconteceu na casa do estudante, aproveitando a ausência dos pais dele. Um dia antes, eles haviam se beijado dentro do carro no dia em que a professora deu carona para ele.
Um aluno da instituição Stovall Middle School afirmou que o jovem agarrava o bumbum da professora na frente de todos, e que os dois não escondiam o relacionamento.
Alexandria, que é mãe de uma menina, alega ter sofrido um aborto por conta do nervoso após descobrir que estava sendo investigada, em abril deste ano. Ela está afastada da escola desde então.
 
 

Avião que decolou de Paris e voava para o Egito desaparece do radar

egyptairUm avião da EgyptAir, com 66 pessoas a bordo, desapareceu do radar durante voo entre Paris, na França, e Cairo, no Egito, informou a companhia aérea nesta quarta-feira (18) no “Twitter” e no “Facebook”.
Segundo a EgyptAir, o voo MS804 partiu do aeroporto Charles de Gaulle nesta quarta às 23h09 (18h09 em Brasília) e deveria pousar cinco horas depois no Aeroporto Internacional do Cairo, na madrugada desta quinta (19), às 3h15 (horário local).
A aeronave modelo Airbus A320 transportava 56 passageiros – entre eles uma criança e dois adolescentes – e 10 tripulantes – dentre eles três seguranças -, de acordo com a companhia aérea.
Segundo a EgyptAir, o voo transportava 30 egípcios, 15 franceses, além de dois iraquianos, um britânico, um belga, um kuwaitiano, um saudita, um sudanês, um chadiano, um português, um argelino e um canadense.
O último contato  do piloto ocorreu com a torre de controle de Atenas, na Grécia, 10 minutos antes do desaparecimento.
No momento do desaparecimento, o avião voava a uma altitude de 37 mil pés (11.300 metros), estaria sobre o Mar Mediterrâneo e já no espaço aéreo egípcio. As condições do tempo eram boas, segundo metereologista da “CNN”.
A Efe especulou que a aeronave teria sido sequestrada, e, depois, disse que piloto teria emitido um pedido de socorro. A Reuters estimou que o mais provável é o avião ter caído no mar. Já a France Presse (AFP) afirmou que o voo MS804 caiu perto da ilha grega de Karpatos, ao sudeste do Mar Egeu, quando sobrevoava o espaço aéreo egípcio. Governos de França e Egitoe a EgyptAir não confirmaram essas informações.
A Grécia iniciou buscas aérea e pelo mar. O Ministério da Defesa disse que autoridades também estão investigando o alerta de um capitão de um navio mercante que relatou ter visto uma “chama no céu” cerca de 130 milhas náuticas ao sul da ilha de Karpatos.
A EgyptAir informou que equipes de investigação e de resgate iniciaram a busca pelo avião desaparecido e que mantém contato com autoridades.
Familiares de passageiros estão no aeroporto do Cairo à espera de notícias de seus parentes.
A companhia aérea informou também que o piloto do avião, cujo nome não foi divulgado ainda, tinha 6.275 horas de voo, incluindo 2.101 horas no comando de um Airbus A320. O copiloto tinha 2.766 horas de voo. A aeronave foi produzida em 2003.
O presidente de França, François Hollande, anunciou nesta quinta que falou com o presidente egípcio, Abdel Fatah al Sissi, sobre o avião desaparecido. Para ele, “não se deve descartar nenhuma hipótese” sobre a causa do susto.
Bomba falsa
Em março deste ano, um avião da EgyptAir, que voava de Alexandria para o Cairo, foi sequestrado e forçado a aterrissar no Chipre. O homem que desviou a rota carregava um cinturão com explosivos falsos e acabou preso. Não ficou claro, porém, se o caso era um ato terrorista.
Atentado
Um Airbus A-321 operado pela Metrojet, da Rússia, caiu no Sinai em 31 de outubro de 2015, matando todas as 224 pessoas a bordo. Russos e governos ocidentais disseram que o avião foi derrubado por uma bomba. O Estado Islâmico (EI) afirmou ter conseguido explodir a aeronave.
Fonte: OGlobo

Mulher atacada por tubarão, fica com ele preso ao braço dela

1_20160516101423149700u-281489Miami, Estados Unidos -Uma mulher atacada por um tubarão enquanto se banhava na Flórida, no sudeste dos Estados Unidos, foi levada à emergência do hospital com o animal ainda preso ao seu braço, informou a imprensa local.
O pequeno tubarão-enfermeiro de 60 cm de comprimento tinha seus dentes totalmente incrustados no braço da mulher. Para levá-la ao hospital, os socorristas improvisaram uma maca especial que sustentava o braço e o tubarão ao mesmo tempo, disse o South Florida Sun-Sentinel.
A vítima foi mordida enquanto se banhava em uma praia da cidade de Boca Raton.
Quando chegou ao posto de salva-vidas, acompanhada de seu companheiro, o tubarão respirava pouco, mas ainda seguia agarrado ao corpo da mulher, segundo o Sun-Sentinel.
O jornal Palm Beach Post informou que após o ataque um homem que estava na praia matou o tubarão. No entanto, ninguém conseguiu soltá-lo do braço da mulher, que foi enviada de urgência ao hospital quando disse que estava com falta de ar.
A presença de tubarões-enfermeiro – que chega a três metros de comprimento na fase adulta – é comum na costa Atlântica da Flórida. No entanto, geralmente estes tubarões não representam perigo. São animais noturnos que se alimentam de pequenos peixes e de outras criaturas marinhas. Durante o dia, podem ser vistos em águas pouco profundas.
Uma testemunha citada pelo Sun-Sentinel declarou ter visto antes do ataque alguns turistas importunando o tubarão.
Por: Correio Braziliense

Romeno fez uma tatuagem de seu nome no rosto de sua namorada

1_pg_10_geral_lesya_namorada_do_tatuador-264778O tatuador romeno Rouslan Toumaniantz, que tatuou 56 estrelas no rosto da belga Kimberley Vlaeminck em 2009, se envolveu em nova polêmica ao tatuar seu nome no rosto de sua namorada, a russa Lesya, segundo a imprensa belga.
Toumaniantz, que fala fluentemente russo, conheceu a namorada em um site de bate-papo. Após se apaixonarem, ele decidiu imortalizar seu amor com uma tatuagem de seu nome no rosto de Lesya, de 22 anos.
As fotos de Lesya com seu rosto tatuado logo se espalharam pela web, e Toumaniantz foi criticado por ter feito a tatuagem bizarra.

Brasil só voltará a ter superávit primário em 2020, prevê FMI

US-ECONOMY-FINANCE-IMFO Brasil só voltará a ter um superávit primário (economia que o governo precisa fazer para pagar os juros da dívida pública) a partir de 2020. A previsão é do Fundo Monetário Internacional (FMI), divulgada no relatório “Fiscal Monitor” nesta quarta-feira (13).

O órgão prevê que as contas do setor público no Brasil continuarão a colecionar rombos, ainda que cada vez menores, pelo menos até 2019 (veja o gráfico ao lado).

Este ano, o FMI estima que o país terá um déficit primário de 1,7% do PIB – levemente melhor que o resultado do ano passado.

Em 2015, as contas públicas tiveram o pior déficit primário da história, de R$ 111,24 bilhões, ou 1,9% do Produto Interno Bruto (PIB). Até então, o pior resultado para um ano fechado havia sido registrado em 2014 (-R$ 32,53 bilhões, ou 0,57% do PIB).

Em 2017, o déficit primário do Brasil deve cair para 1,4%; em 2018, para 1%; e em 2019, para 0,3% do PIB.

Segundo o FMI, esse resultado foi piorado pela queda nas receitas públicas, pela alta dos juros e por uma “faxina” de pendências financeiras do passado feita pelo governo, em meio “ao aprofundamento da recessão e à turbulência política”.

Déficit nominal a 8,5% do PIB
Já o déficit  nominal do Brasil (que inclui o pagamento dos juros da dívida pública no balanço fiscal) deve atingir 8,7% PIB em 2016 e 8,5% do PIB em 2017. Em 2015, esse déficit chegou a 10,3% do PIB, ou R$ 613 bilhões. Foi o pior resultado da história no período de 12 meses. Esse número é acompanhado com atenção pelas agências de classificação de risco na determinação da nota dos países.

Dívida acima de 80% do PIB em 2017
Como efeito do rombo maior, diz o órgão, a dívida pública do país saltou 10.4 pontos percentuais entre 2013 e 2015. Pela projeção do órgão, ela deve avançar para 76,3% do PIB este ano, contra 73,7% em 2015, e 63,3% do PIB em 2014. O órgão também vê um aumento do endividamento das contas públicas em 2017, para 80,5%.

Sexto pior PIB no mundo
A economia brasileira deve ter o sexto pior desempenho do mundo em 2016, segundo um relatório divulgado na véspera pelo FMI). O órgão piorou a projeção de queda do PIB do Brasil para 3,8%, frente à estimativa anterior de contração de 3,5%, feita em janeiro.
O PIB da Venezuela terá a maior contração entre todas as economias do mundo, com queda de 8%, segundo a previsão do Fundo. Em seguida, aparece a República do Sudão do Sul, com PIB negativo de 7,8%. Guiné Equatorial deve ter o terceiro pior resultado, com recuo de 7,2% da economia.

O desempenho do Brasil deve ficar bem abaixo de outros países da região da América Latina e Caribe, que deve ter contração de 0,5% em 2016. O México deve crescer 2,4% em 2016. Países do Oriente Médio, Norte da África, Afeganistão e Paquistão devem crescer, juntos, 3,1%.

Já em comparação à média de outros países emergentes, incluindo China e Rússia, o PIB brasileiro fica bem atrás. A economia desses mercados deve crescer 4,1% este ano, prevê o FMI.

O soldado que sobreviveu 23 dias perdido na selva comendo tartarugas e sementes

160330222602_yeffer_snchez_es_soldado_del_ejrcito_nacional_de_colombia_tiene_26_aos_y_naci_en_el_departamento_de_boyac_640x360_ejercitodecolombia_nocreditAssim terminou o suplício que havia começado mais de três semanas antes, no dia 5 de março, quando o soldado do Exército colombiano se deu conta de que estava sozinho e perdido no meio da mata fechada do Estado de Meta.

Na primeira noite, Yeffer pensou que seu pelotão voltaria e o encontraria. Sentiu apenas um pouco de angústia.

Como nada acontecia, ele decidiu se movimentar.

Com o passar dos dias ele se deu conta de que estava andando em círculos apesar das longas caminhadas.

“A mata era muito fechada. Eu andava reto mas sempre voltava para o mesmo ponto. Neste momento me desesperei. Chovia e eu passava todos os dias ensopado”, diz Sánchez, de 26 anos, em entrevista à BBC Mundo.

Nestas condições, com aparentemente tudo adverso, o soldado perdido prometeu a ele mesmo que iria sobreviver para voltar a abraçar sua mãe, “dona Anita”.160330222940_el_soldado_fue_hallado_el_lunes_despus_de_extraviarse_de_su_pelotn_el_sbado_5_de_marzo_624x351_ejercitodecolombia_nocredit

Sobreviver

Sánchez estava sozinho, molhado, sem água nem comida, mas tinha sua faca, seu fuzil e o uniforme camuflado.

“Passaram muitas coisas pela minha cabeça nessa hora. Sabia que o Exército estava me procurando e pensava no meu pai, na minha mãe e em Deus, por isso não me descontrolei. Nunca perdi a esperança de voltar”, relata.

Como a mata era muito fechada, ele não conseguia ver mais de alguns metros a sua frente. Também não havia um rio para guiá-lo.

Sánchez tinha dois grandes “inimigos”: os animais selvagens e as tropas das Farc.

É difícil dizer o que aconteceria se ele encontrasse qualquer um deles.

“Sabia que se eu disparasse (a arma) poderiam me encontrar, mas não sabia quem (me encontraria). Por isso atuei para evitar que percebessem que eu estava lá. Me movimentei taticamente. Apliquei o que aprendi em cursos de sobrevivência”, explicou o soldado.

Sánchez se perdeu em uma área conhecida como El Charcón, classificada como zona vermelha devido à forte presença das Farc.

“Vi a guerrilha ao longe e de imediato me escondi”, conta.

Mas os maiores desafios eram repor as forças, se hidratar e matar a fome, que se tornava mais insuportável com o passar dos dias.

“Chegou uma hora em que eu não achava água em lugar nenhum. Foram dias assim. No curso nos ensinaram que há cipós que têm água que serve para hidratação. As folhas de bananeira também servem porque têm água. E às vezes eu encontrava pequenos poços”, diz.

Ele se alimentou com sementes e cascas que encontrava. Tentou sem sucesso beber urina para se hidratar, mas não conseguiu.

E quando a fome ficou insuportável, ele encontrou uma tartaruga e a comeu crua. A proteína e a gordura que ingeriu podem ter salvado sua vida.160330224100_el_ejrcito_de_colombia_despleg_una_unidad_de_500_hombres_para_buscar_al_soldado_snchez_por_tierra_y_aire_624x351_ejercitodecolombia_nocredit

As “piores noites”

Jeffer Sánchez gosta de rap e era cantando que conseguia passar as noites.

“Eu cantava baixinho para me animar. Foram as piores noites. Não conseguia dormir pensando no que podia acontecer. A barriga roncava e meu único sonho era que no dia seguinte eu encontrasse a saída ou que alguém me visse”, lembra Sánchez.

E toda manhã repetia o mesmo ritual: acordar para procurar algum alimento, tirar o rifle do pescoço e começar a andar.

Enquanto isso, 500 homens do Comando Específico do Oriente o procuravam por terra e ar.

Panfletos com sua foto foram distribuídos nos municípios próximos e, na rádio, anúncios diziam seu nome e contavam que ele havia se perdido na selva.

Mas passaram semanas e nada.

A desorientação de Sánchez chegou a um ponto em que ele calculava que estava perdido há 17 dias quando, na verdade, eram 23.

E uma manhã houve um “milagre”.

“Tive medo. Não sabia o que fazer. Eles estavam apontando para mim e gritei ‘Não me mate, eu sou o soldado perdido’.”

“Fique calmo. Estamos há 22 dias te procurando sem parar”, respondeu o outro soldado, Carlos Enrique Tunubalá.

Os dois baixaram as armas e se abraçaram.

Dona Anita

Por telefone, Ana Fael escutou a voz de seu filho poucas horas depois de seu resgate.

Não conseguiu segurar o telefone e teve que sentar devido à emoção.

Ela foi informada de que seu filho estava em situação estável, com desidratação e alguns quilos a menos.

Durante algumas semanas, o soldado fará uma dieta leve, até que seu corpo se recupere.

A mãe e os sete irmãos de Sánchez viajaram até a base militar em que ele está, para encontrá-lo.

Separados, ela e o filho contaram que tinham o mesmo sonho para quando tudo aquilo passasse: sentar em uma mesa com dois pratos de sopa de lentilha.

É a especialidade de dona Anita e o prato favorito de Sánchez.

Quando os dois se encontraram, o soldado pediu desculpas à mãe. “Espero que você não tenha se preocupado muito, mãe.”

Fonte:BBC Mundo

Sequestro de avião termina no Chipre após sete horas de negociação

Um homem saiu pela janela do cockpit do Airbus A320 da Egyptair Airbus, no aeroporto de Larnaca, no Chipre, na manhã desta terça-feira (29) (Foto: Yiannis Kourtoglou/ Reuters)

Um homem saiu pela janela do cockpit do Airbus A320 da Egyptair Airbus, no aeroporto de Larnaca, no Chipre, na manhã desta terça-feira (29) (Foto: Yiannis Kourtoglou/ Reuters)

O ministro das relações exteriores do Chipre anunciou, por volta das 8h45 (horário de Brasília), que o sequestro do avião da aérea egípcia Egyptair terminou após cerca de sete horas de negociações. A aeronave, que faria a rota Alexandria/Cairo, no Egito, foi sequestrada nesta madrugada por um homem que estaria com um cinturão de explosivos amarrado ao corpo.

Segundo o ministério da aviação civil do Egito, as autoridades cipriotas destacaram que o suposto cinto com explosivos usado pelo sequestrador era falso.

O sequestrador era “psicologicamente instável”, afirmou o secretário da chancelaria cipriota, Alexandros Zenon. “Nada disso tem a ver com terrorismo. É a ação individual de uma pessoa psicologicamente instável” afirmou. O presidente cipriota já tinha descartada qualquer relação com o terrorismo.

Polícia monta guarda no Aeroporto de Larnaca, no Chipre, e observa o avião A320 da Egyptair sequestrado (Foto: Yiannis Kourtoglou / Reuters)

Polícia monta guarda no Aeroporto de Larnaca, no Chipre, e observa o avião A320 da Egyptair sequestrado (Foto: Yiannis Kourtoglou / Reuters)

A aeronave, um Airbus A320, decolou do Aeroporto Burg al Arab, em Alexandria, foi desviado de sua rota por volta de 8h30 (horário local) e pousou no Aeroporto de Larnaca, no Chipre, 20 minutos após o comandante Omar Yamal avisar a torre de controle cipriota.

O avião ficou estacionado em uma área isolada e foi observado de longe por policiais enquanto aconteciam as negociações, que começaram logo após a aterrissagem da aeronave.
Os passageiros e a tripulação foram liberados aos poucos. Sete horas depois do pouso, o sequestrador deixou a aeronave com as mãos para cima e foi preso.

O Ministério de Negócios Estrangeiros do Chipre informou que o sequestrador se chama Seif Eldin Mustafa, mas não deu mais detalhes, segundo a Reuters. O presidente cipriota descartou que a ação esteja relacionada a terrorismo, segundo a France Presse.
A Egyptair confirmou que 81 pessoas estavam a bordo do Airbus, contando com os integrantes da tripulação. Ao menos 21 estrangeiros de oito nacionalidades viajavam no avião: oito norte-americanos, quatro holandeses, quatro britânicos, dois belgas, um francês, um sírio e um italiano.

Informações desencontradas
As motivações do sequestro ainda não estão claras. Uma rádio local noticiou que o homem teria pedido asilo ao Chipre. Duas emissoras cipriotas relataram que o sequestrador tinha deixado cair uma carta no aeroporto de Larnaca, na qual que parecia exigir a libertação de prisioneiros no Egito.

A Reuters chegou a informar no início da manhã que sequestrador era um cidadão egípcio chamado Ibrahim Samaha e que sua mulher, cujo nome não foi divulgado, viveria no Chipre.

As agências de notícias especulam que o homem disse ter bombas ao corpo, mas as autoridades não confirmaram a informação.

A polícia local está em alerta e o ministro cipriota da Ordem Pública, Ionas Nikolaou, foi chamado para uma reunião de emergência.

Por conta do sequestro, o Chipre fechou o Aeroporto de Larnaca. Os voos foram desviados para outros complexos.

Fonte: G1

Terrorismo:Explosões em aeroporto e metrô deixam vítimas e Bélgica em alerta

terroExplosões foram registradas no Aeroporto Internacional de Zaventem e na estação de metrô Maelbeek em Bruxelasx, na Bélgica, na manhã desta terça-feira (22). A imprensa fala em pelo menos 13 mortos e 35 feridos. As explosões levaram o país a entrar em alerta máximo para atentados terroristas.
Duas explosões ocorreram no aeroporto, e uma, no metrô. A estação Maelbeek fica perto de um bairro onde parte das representações da União Europeia está sediada, segundo a CNN.
As agências internacionais de notícias informaram que as explosões deixaram vítimas no aeroporto e no metrô e que equipes de emergência trabalham nos dois locais. Ainda de acordo com a CNN, dezenas de pessoas foram retiradas de macas do aeroporto. As fotos do aeroporto mostram bastante destruição.aeroportobrussel
Autoridades belgas, no entanto, não confirmam o número de vítimas. O número de vítimas, porém, é incerto e diverge entre as agências. A Reuters e a CNN falam em 13 mortos e 35 feridos, com base em uma TV local. O jornal local Le Soir também menciona 13 mortos. A RIA Novosti, da Rússiax, informou 11 mortos e 20 feridos. A France Presse (AFP) e a Efe noticiaram, inicialmente, um morto e vários feridos.
As agências falam em atentado terrorista. As autoridades esvaziaram todas as estações de metrô e suspenderam o deslocamento de trens em Bruxelas.
O aeroporto foi fechado para pousos e decolagens e o tráfego aéreo foi interrompido e desviados para outras regiões. O aeroporto também foi esvaziado pelas autoridades locais. A polícia bloqueou todas as vias de acesso ao complexo. O serviço de ônibus também foi interrompido.
Imagens de uma TV local mostraram fumaça saindo do aeroproto e correria de pessoas no entorno do prédio, pouco após as explosões.
As explosões teriam ocorrido na área de embarque, perto de um balcão da companhia American Airlines. As causas das explosões ainda não são conhecidas. Vozes em árabe e tiros teriam sido ouvidos no local, segundo a imprensa belga.
Luta contra o terrorismo
As explosões ocorreram quatro dias após a prisão, em Bruxelas, de Salah Abdeslam, principal suspeito pelos ataques de Paris em novembro. Desde o início da semana passada, a polícia belga faz buscas por suspeitos de terem participado dos atentados de Paris que deixaram 130 mortos e mais de 200 feridos. Um suspeito foi morto após a invasão de um apartamento. Na segunda-feira (21), a polícia divulgou a identidade de mais um suspeito de envolvimento com os ataques. Conhecido sob a falsa identidade de Soufiane Kayal, ele foi identificado como Najim Laachraoui, um homem de 24 anos.
Alemanhax
Após as explosões na Bélgicax levaram a Alemanha a refoçar a segurança no Aeroporto de Frankfurt.
Françax
A França também reforçou segurança no Aeroporto Charles de Gaulle em Paris.
Inglaterra
Após as explosões, o aeroporto de Londres teve a segurança reforçada, de acrodo com a France Presse. A Eurostar concelou trens para Bruxelas, como informou a Reuters.