Heleno: “Não é possível admitir volta da quadrilha vermelha”

Nesta terça-feira (25), o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, utilizou as redes sociais para mostrar preocupação com o segundo turno das eleições. Em sua conta do Twitter, ele publicou um vídeo afirmando que não podemos “admitir a volta da quadrilha vermelha”.

A declaração foi uma referência aos governo do Partido dos Trabalhadores (PT), conhecidos pelo uso da cor vermelha.

Não há comparação entre Bolsonaro e Lula. Lula, durante 13 anos, esteve no poder e destruiu o país. Divulga mentiras ridículas para encobrir seu vergonhoso passado e repetir sua desastrosa gestão, exibindo dados passageiros e superados – afirmou.

O vídeo é intitulado com a mensagem: “É hora de salvar o Brasil”.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *