Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

“Minha fala era clamando por Jesus”, diz pedreiro que ficou soterrado

O pedreiro Gilberto Cordeiro lembra dos momentos de aflição em que ficou soterrado por quase 10 minutos no último sábado (21) enquanto trabalhava na obra de um muro no bairro da Linha do Tiro, na Zona Norte do Recife (PE).

Gilberto, de 46 anos, atuava na construção de um muro de arrimo quando a barreira deslizou por cima dele. Mesmo com a respiração comprometida, os minutos seguintes foram marcados por sua fé.

“A minha fala era clamando por Jesus. Só clamando por Jesus”, disse Gilberto em entrevista exibida pelo Notícias da Manhã nesta segunda-feira (23).

Evangélico há 26 anos, o pedreiro conta que o acidente só fez com que a sua fé aumentasse. “Eu sabia que somente Ele poderia me socorrer, como me socorreu”, disse.

“Se eu tenho lutado até aqui para ser fiel a Deus, daqui por diante lutarei mais ainda”,  destacou Gilberto.

O pedreiro foi retirado de debaixo do barro com a ajuda da população local. Em seguida, ele foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Pernambuco e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Descoberta.

https://tv.uol/184v0

Roqueira desiste de suicídio após receber palavra profética em igreja: “Deus me abraçou”

Co-fundadora e ex-vocalista da banda de rock Flyleaf, a cantora Lacey Sturm, estava pensando em suicídio quando teve um encontro com Deus, que salvou sua vida.

“Quando eu tinha dez anos de idade, meu primo, que tinha cerca de três anos na época, foi espancado até a morte por seu padrasto”, disse Sturm. “Minha mãe sempre falou comigo sobre Deus, mas no momento eu me lembro de pensar que não conseguia conciliar como Deus poderia permitir que algo como aquilo acontecesse. Eu me questionava que se Deus era grande e bom, por que ele não protegeu meu primo, que era tão pequeno e tão incrível?”.

A garota que nasceu na cidade de Arlington, no Texas (EUA), não conseguia tolerar o mal no mundo. “Eu nunca quis ter filhos”, disse ela. “Seria apenas trazer outra pessoa ao mundo para sofrer”.

Ela chorava todas as noites antes de dormir, tornou-se ateia e começou a se afundar no uso das drogas e do álcool. Além disso ela se viciou em pornografia e começou a ter um relacionamento homossexual.

“Eu não conseguia me livrar da minha própria depressão”, disse ela. “Então comecei a estudar muitas outras religiões. Havia um monte de ideias agradáveis nelas, mas eu nunca encontrava nenhuma cura tangível”.

“Lembro-me de pensar: ‘estou cansada de sentir tanta dor. Estou cansada de ir para a cama dessa maneira. Estou cansada de ser um fardo para as pessoas. Estou cansada de não saber por que estou viva’. Eu me lembro da noite em que estava deitada na cama e eu sabia que ia cometer suicídio no dia seguinte. Eu sabia que não ia mais estar viva dali a dois dias”.

Mas no dia fatídico em que ela voltou da escola, ela encontrou sua avó em casa – uma ocorrência incomum.

“Ela olhou para mim e disse: ‘Há algo de errado com você. Você irá para a igreja”, contou Lacey, lembrando-se das palavras de sua avó.

“De maneira alguma eu irei à igreja”, respondeu a jovem à sua avó.

Então, as duas começaram a discutir e finalmente Sturm cedeu: ela iria para a igreja com sua avó, mas não pensava em desistir de seu plano suicida depois que voltasse do culto.

Palavra profética
Chegando à igreja, Lacey se assentou em um banco da última fileira, destilando seu olhar de ódio contra tudo e todos ao seu redor, inclusive o pastor que pregava naquele dia.

“O pastor começou a falar, e eu o odiava mais do que ninguém”, contou ela.

Então o pastor começou a fazer revelações que surpreenderam Sturm: “Há um espírito suicida na sala.”

“Naquele momento, é claro, todo o cabelo na minha nuca se arrepiou”, disse ela. “E eu pensei: ‘Bem, isso é realmente estranho”.

Ela se levantou para sair do templo, mas foi abordada por um homem de cabelos brancos, que gentilmente se dirigiu a ela, dizendo: “O Senhor quer que eu fale com você. Ele quer que você saiba que mesmo que você nunca tenha conhecido um pai terreno, Deus será um Pai melhor para você do que qualquer um aqui na Terra jamais poderia ser. Deus sabe da dor que está seu coração. Ele viu você chorar para dormir à noite”.

Sturm teve um misto de sentimentos, ficando atordoada e emocionada ao mesmo tempo. Como aquele senhor poderia saber sobre as coisas mais profundas que estavam em seu coração?

“Aquilo foi algo esmagador para mim”, disse ela. “Ele me perguntou: ‘Você quer que eu ore por você, para que Jesus tire a dor do seu coração?’. Então ele colocou a mão em meu ombro e começou a orar por mim. Eu me sentia como se o Deus do universo estivesse bem na minha frente naquele momento”.

Transformação
Lacey contou que aquele momento aparentemente inusitado, no qual aquele senhor orava por sua vida permitiu que ela compreendesse algumas coisas importantes.

“A primeira coisa que notei naquele momento foi que Deus era santo e bom. A segunda coisa que notei foi que eu não era santa e não era boa. Mas, ao mesmo tempo, eu sentia que Ele estava me convidando para um abraço de graça e amor incondicional. Ele me abraçou e me disse: ‘Eu te amo. Eu sei que você está cansada de viver assim. Vou renovar sua vida, se você me deixar fazer isso”, acrescentou Sturm.

“Meu coração apenas disse: ‘Sim. Eu preciso disso. Eu quero isso”, lembrou Lacey. “Acordei no dia seguinte, sentindo uma paz e uma alegria que nunca tinha sentido antes. Jesus salvou minha vida. Foi esmagador pensar que Jesus nunca pecou mas tomou pecados sobre si e aqueles também eram os meus pecados. Aquilo o levou a morrer na cruz. Ele ficou nu em uma cruz, sangrando de uma maneira vergonhosa para que eu nunca tivesse que me envergonhar pelas coisas que eu fiz”.

Carreira
No ano 2000, Sturm montou a banda Flyleaf, com o baterista James Culpepper e os guitarristas Sameer Bhattacharya e Jared Hartmann. Já em 2009, o CD “Memento” atingiu o 8º lugar nas paradas da Billboard.

Em 22 de outubro de 2012, pouco antes do lançamento do álbum “New Horizons”, Sturm anunciou que estava deixando a banda Flyleaf, para se dedicar à sua família. A cantora teve dois filhos com o guitarrista Joshua Sturm, com quem ela estava casada desde 6 de setembro de 2008.

O testemunho de Sturm inspirou a vida de muitos que acompanhavam e admiravam seu trabalho na música. Sabendo disso, a cantora decidiu lançar um livro, contando suas memórias.

Em setembro de 2014 foi publicado o primeiro livro de Lacey Sturm, intitulado “The Reason: How I Discovered a Life Worth Living” (“A Razão: Como eu Descobri uma Vida que Vale a Pena”). O livro de Sturm é uma autobiografia sobre como ela superou as lutas de sua vida em um esforço para inspirar aqueles que também estão enfrentando momentos difíceis.

Falando sobre o poder do amor de Deus em seu livro, Sturm recordou seu primeiro entendimento da salvação.

“Eu ouvi a mensagem: ‘Eu sou digno de amar e fui criado por um Deus bom, minha vida é importante, não importa que alguém diga o contrário’. Entendi isso durante o meu encontro com Deus, quando eu ainda era ateia”, explicou a cantora. “Esse foi o primeiro sinal: O Espírito Santo me deu essa mensagem. Talvez eu já tenha ouvido isso antes, mas eu não tinha realmente a recebido em coração até então”.

Hoje, a cantora diz que ela permite que as provações fortaleçam sua fé. “Esses momentos são muito mais fáceis para mim, quando estou isolado ou a vida está me deixando para baixo. Isto é mais fácil para mim, pessoalmente, estando perto do Senhor, ao contrário de quando as coisas estão indo bem”, disse ela.

“Eu percebo agora que eu estava realmente procurando por algo que era verdadeiro. Eu não encontrei nada sólido na fé de ninguém que eu vi de fora”, disse Sturm. “Naquele momento, no dia em que eu tinha planejado cometer suicídio, percebi que esse encontro com Deus era muito mais real do que qualquer coisa que eu já ouvi de alguém”.

FONTE: GUIAME

Igreja Batista Shalom de Codó, celebra hoje e amanhã o 5° aniversário do círculo de oração “Jóias Preciosas”

Com o tema: “grande coisa fez o Senhor pornós”, a Igreja Batista Shalom, em Codó, comemora o 5° aniversário do círculo de oração “Jóias Preciosas” que se inicia hoje sexta-feira (13) encerrando neste sábado (14). A Igreja tem como responsáveis o pastor presidente Carlos Brito.

Durante os dias da festividade, diversos cantores locais abrilhantaram a festa e nos dias 13 e 14 a mensagem está sendo pregada pela Irmã Simone Monteiro.

Para as lideres do Círculo de Oração, será muita emoção poder participar de mais um aniversário do grupo, pois ali Deus irá operar poderosamente com curas e milagres.

“Esperamos que Deus continue salvando muitas almas, crentes sejam batizados e curados e todo milagre será para honra e glória do Senhor. Venha participar conosco, Deus tem uma benção pra você!” finalizou.

Tradutor da Bíblia é torturado até a morte e esposa tem braço decepado, em Camarões

Um tradutor da Bíblia em Camarões foi torturado até a morte na manhã de domingo após um ataque sofrido por sua vila na noite anterior. Enquanto ele sofria a tortura, o braço de sua esposa foi decepado, de acordo com o ministério para o qual ele trabalhava.

O tradutor da Bíblia Angus Abraham Fung estava entre sete pessoas que foram mortas durante um ataque realizado por extremistas islâmicos Fulani em algum momento durante as primeiras horas da manhã do último domingo, na cidade de Wum, segundo Efi Tembon, que lidera um ministério chamado ‘Oasis Network’.

Localizado na região anglófona de Camarões, onde os separatistas estão lutando pela independência, Wum está entre várias localidades em que jovens da comunidade nômade dos ‘pastores Fulani’ estão sendo incentivados por agentes do governo a realizar ataques contra comunidades agrícolas locais que apoiam os rebeldes separatistas, disse Tembon.

Tembon trabalhou em alguns projetos em Wum, antes de ser forçado a fugir do país por falar ao Congresso dos EUA sobre o conflito em junho de 2018. Ele disse ter sido informado por fontes na cidade que os Fulani invadiram cinco casas no sábado à noite e permaneceram na região até a manhã do domingo seguinte.

“Eles entraram nas casas e retiraram as pessoas”, explicou Tembon ao The Christian Post. “Eles atacaram à noite e ninguém esperava por isso. Eles simplesmente entraram nas casas, os tiraram e os mataram”

Tembon disse que não foi informado sobre quantas pessoas ficaram feridas no ataque, mas apenas que a esposa de Fung, Eveline Fung, teve seu braço decepado e está recebendo uma transfusão de sangue em um hospital local.

Quanto ao tradutor da Bíblia, Tembon foi informado de que Fung foi morto com um facão.

“Não sei o que motivou o ataque. Eles chegaram e mataram pessoas”, acrescentou Tembon, afirmando que a maioria das vítimas eram homens mais velhos.

Fung estava na casa dos 60 anos e trabalhou por muito tempo com os Tradutores da Bíblia Wycliffe em uma tradução do Novo Testamento na língua Aghem. O projeto que foi concluído em 2016.

“Ele era um dos principais líderes comunitários de toda a tribo e fazia parte dos serviços de tradução e também coordenava os esforços de alfabetização”, explicou Tembon.

“Então, ele foi uma grande parte do trabalho de alfabetização, porque a língua deles nunca havia sido escrita antes. Foi ele quem coordenou e ensinou a língua. Agora, muitas pessoas podem ler e escrever o idioma como resultado do trabalho de Angus”.

Fonte: Guia-me com informações de The Christian Post

“Deus usou meu filho para me levar à presença Dele”, diz cantor Peninha

O cantor e compositor Peninha se entregou a Jesus e falou de sua decisão abertamente durante uma entrevista para o programa Super Feliz. Ele afirma que o grande influenciador para que ele conhecesse a Cristo foi seu filho, o cantor Willy Gregory que testemunhou como Cristo o tirou das drogas.

Peninha é considerado um dos maiores compositores do Brasil, com letras cantadas por artistas como Caetano Veloso, Fábio Júnior, Tim Maia, Daniel, Alexandre Pires, Roberta Miranda, Paulinho Moska, José Augusto, entre outros. Canções como “Sozinho”, “Sonhos”, “Alma Gêmea” e “Eu Adoro Amar Você” fazem parte da sua vasta lista de hits.

“Quando eu percebi que tinha alguma coisa muito errada, eu já tinha ido para a igreja”, disse Peninha sobre o motivo de começar a frequentar uma igreja. Ele afirmou que começou indo prestigiar seu filho, quando percebeu que ele estava sendo libertado do vício em drogas.

“Fiquei emocionado, pois você vê seu filho cantando para Deus, cantando bem. Quando eu reparei que havia alguma coisa muito errada eu resolvi ficar perto dele. Então comecei a ir à igreja e eu ficava lá meio peixe fora d’água, mas eu ficava lá. Eu entendi que eu tinha um chamado ali”, disse.

Cuidados

Peninha conta que algo lhe chamou atenção. “Eu me chamo Aroldo e quando eu cheguei, reparei que o pastor estava cuidando do meu filho, da vida espiritual do meu filho, como se também fosse um pai. Ele também se chamava Aroldo. Aí eu pensei: ‘Vou ficar por aqui que é melhor para mim’. E eu fiquei ao lado do Willy porque eu sabia que tinha alguma coisa de errada”, contou.

“Eu via o pessoal orando e não sabia o que era. Mas eu resolvi ficar perto dele. Eu ia toda terça, tinha reunião às quintas também e aos domingos. Comecei a ficar tocado e eu sou muito chorão. Eu lembro que um dia tocou uma música da Aline Barros e eu chorei igual a criança. Hoje eu entendo que Deus me levou. Deus usou meu filho para me levar para a presença Dele”, ressaltou.

“Nisso não há um fio de mentira, é tudo verdade. Então lá em casa, estou eu e ele. Nós estamos esperando mais gente lá de casa ir para a igreja. Mas se eu estou aqui falando com você sobre isso, então Deus é Deus e tudo é possível”, comentou.

Tumor ‘incurável’ desaparece do cérebro de criança após corrente de oração

Quase seis meses depois que uma menina de 11 anos de idade do Texas foi diagnosticada com um tumor cerebral incurável chamado glioma pontino intrínseco difuso (ou DIPG), os médicos não conseguiram mais encontrar um rastro dele no corpo da criança e não encontraram uma explicação científica para isso. Mas a família e os amigos da garota dizem ter uma explicação: eles lideraram uma verdadeira corrente de oração pela vida da jovem Roxli Doss.

“E nós conseguimos”, disse Gena Doss, a mãe da garota, em entrevista à KVUE.

E agora todos estão agradecendo a Deus por sua bênção.

“Louvado seja Deus”, disse Scott, marido de Gena.

A Dra. Virginia Harrod, do Centro Médico Infantil Dell, disse à KVUE que o DIPG é uma doença rara e devastadora.

“É muito raro, mas quando a vemos, é uma doença devastadora. Você tem uma capacidade diminuída de engolir, às vezes perda de visão, diminuição da capacidade de falar e, eventualmente, dificuldade em respirar”, disse ela.

A médica explicou que a menina de 11 anos passou por semanas de tratamento com radiação, mas não havia expectativa de que o tumor simplesmente desapareceria. A recuperação de Roxli, ela disse, é “inacreditável”.

O “tratamento” 

A radioterapia é atualmente a principal terapia para o diagnóstico antecipado de DIPG em crianças com mais de 3 anos, de acordo com o hospital St. Jude Children’s Research. O método usa raios X de alta energia de uma máquina especializada ou outros tipos de radiação para matar células cancerosas e encolher tumores. O tratamento, no entanto, não cura os pacientes, apenas ameniza a força da doença.

“Quando vi pela primeira vez o exame de ressonância magnética de Roxli, foi realmente inacreditável”, disse Harrod. “O tumor é indetectável na ressonância magnética, o que é realmente incomum”.

E caso haja alguma dúvida sobre o diagnóstico inicial de Roxli, seu pai disse que a doença da garota foi confirmada por especialistas em vários hospitais diferentes.

“No [hospital] ‘Dell Children’, no Texas Children, no Dana-Farber, no ‘John Hopkins’ e no ‘MD Anderson’, todos concordaram que era um caso de DIPG”, disse Scott Doss.

Apoio e fé

Os organizadores de um grupo de apoio no Facebook à menina que foi diagnosticada com o tumor em junho, explicaram em julho que ela ama Jesus e sua comunidade estava com o coração partido ao saber de seu diagnóstico.

“Nós tivemos a bênção de ver Roxli crescer desde quando ela ainda estava na barriga de sua mãe. Rox é uma criança tão cheia de alegria e com um coração do tamanho de Texas. Ela ama muito sua família, cavalos e Jesus está no centro de sua vida. Conhecê-la só nos leva a amá-la. Roxli sempre cativou corações porque sua alegria é contagiante!”, explicou um texto de apresentação do grupo.

Enquanto os médicos tratavam Roxli com radiação, não esperavam curá-la. A comunidade onde mora a família, decidiu orar com os pais por um milagre.

“O diagnóstico dela quebrou os corações de toda a nossa comunidade. Nós fomos levados a dobrar nossos joelhos e chamados para a batalha, batendo às portas do céu com nossas orações repletas de fé. Sabemos que a única coisa que os médicos não consideravam era a ação do nosso Deus, e Ele realmente tem o poder para operar milagres!”, acrescentou o grupo.

E na última segunda-feira, quando a notícia da inesperada recuperação de Roxli se espalhou, o grupo deu a Deus todo o louvor e agradeceu a todos que oraram pela garota durante esses meses.

“Todo o louvor, e glória, e honra ao nosso incrível Deus!! 2018 vai entrar no meu livro de histórias como o ano em que Deus nos permitiu testemunhar o milagre de uma vida! Repetidamente, agradeço-lhe pelo que fez e pelo doce Roxli. Obrigado a todos por fazer parte de sua história, por orar pelo paraíso e por sua generosidade!”, declarou um texto oficial elaborado pelo administrador grupo.

Atualmente, os médicos estão monitorando a saúde de Roxli e ela deve se submeter a tratamentos, como a imunoterapia, por precaução.

Em um poema escrito escrito em novembro por Roxli na escola, em razão do Dia de Ação de Graças, ela escreveu: “A todos, obrigado. Vocês foram gentis comigo, vocês levantaram dinheiro por mim, vocês oraram por mim e vocês me curaram. Vocês mostraram ao mundo que nem todos os heróis usam capas”.

Fonte: Guia-me