Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Aniversariante do dia: Nosso amigo Deputado Zito Rolim

Parabéns pelo seu aniversário!

Parabéns, que possa ter muitos anos de vida, abençoados e felizes, e que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados.

Que seu coração, esteja sempre em festa, porque você é um ser de luz e especial para mim.

Obrigado por liderar o nosso grupo através do seu exemplo, e não só por palavras. Você possui o dom da liderança, essa combinação poderosa entre estratégia e caráter, mas sem dúvida que o que mais se destaca em você é o seu caráter!

A liderança é uma poderosa combinação de estratégia e caráter. Mas se tiver de passar sem um, que seja estratégia.

A maior habilidade de um líder é desenvolver habilidades extraordinárias em pessoas comuns.
(Abraham Lincoln)

 

 

Detran-MA premia e homenageia autoridades, órgãos, empresas, escolas, entidades e servidores por ações da Semana Nacional de Trânsito

Uma noite de reconhecimento e homenagem ao esforço de cada um para a conquista de um trânsito seguro. Assim foi a solenidade de entrega do 1° Prêmio Amigo do Trânsito, instituído pelo Detran-MA para encerrar a Semana Nacional de Trânsito 2021 no Maranhão, realizada na quarta-feira,6, no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça. O evento foi bastante prestigiado por autoridades de Brasília e do Maranhão, diretoria e servidores do Detran-MA, chefes de Ciretrans, dirigentes de entidades ligadas ao trânsito, e convidados.

Os homenageados – órgãos, empresas, escolas, entidades e servidores do Detran-MA -, autoridades e convidados foram recepcionados pelo diretor-geral do Detran-MA, Francisco Nagib; e o secretário de Segurança Pública , Jefferson Portela. Entre eles, o secretário Nacional de Trânsito, Frederico Carneiro; o diretor de Gestão de Política de Trânsito da Senatran, Eduardo Sanches; o comandante da BPRV, tenente-coronel Joanilson Mota; o superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Agnaldo Nascimento Filho; o secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Márcio Jerry; o deputado estadual Zito Rolim, que representou a Assembleia Legislativa; o comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Pedro Ribeiro; o presidente da MOB, Daniel Carvalho; o prefeito de Peritoró, Dr. Júnior; o Capitão Bruno Gonçalves, que representou o Corpo de Bombeiros; diretores do Detran-MA; chefes de Ciretrans.

O secretário Jefferson Portela definiu o evento como “noite sagrada”. “Hoje estamos comemorando a união em defesa da vida, a harmonia, a paz no trânsito. Sentimos aqui, hoje, uma atmosfera de responsabilidade, compromisso, união e amizade, como diz o próprio nome do prêmio, por um trânsito mais seguro. E precisamos fazer isso se espalhar por toda a cidade. Parabéns a todos”, afirmou ele.

O secretário Nacional de Trânsito, Frederico Carneiro, afirmou que o Prêmio Amigo do Trânsito é uma iniciativa extremamente importante, principalmente porque é um reconhecimento e valorização dos que atuam na linha de frente do trânsito. “São pessoas que trabalham diariamente no trânsito para salvar vidas, seja orientando, disciplinando e educando e que merecem esse reconhecimento e valorização”, destacou e já anunciou o tema da Semana Nacional de Trânsito 2022, que será “Juntos Salvamos Vidas”.

Reconhecimento

O diretor-geral do Detran, Francisco Nagib, destacou que o 1º Prêmio Amigo do Trânsito foi criado para reconhecer o esforço e compromisso de profissionais de várias áreas na execução de ações de educação para o trânsito com a finalidade de torná-lo mais seguro.

Ele informou que, durante a Semana Nacional de Trânsito, que no Maranhão ocorreu de 16 de setembro a 6 de outubro, foram realizadas 963 atividades atingindo 61 municípios pelo Detran-MA, Ciretrans e parceiros, como blitzen educativas em faixas de pedestres e pontos comerciais, passeios ciclísticos, palestras em escolas e empresas e outras.

“Estamos aqui, hoje, para reconhecer o trabalho desenvolvido por cada um de vocês, que são amigos do trânsito. Este Prêmio e as homenagens que prestamos a vocês são, antes de tudo, um agradecimento ao comprometimento e à dedicação de todos vocês na execução de ações pela paz e segurança no trânsito, que nos ajudam a evitar que mais pessoas se envolvam em acidentes e a salvar vidas, nosso maior objetivo. Obrigado pelo seu empenho e contem sempre com o Detran”, afirmou. Nagib também fez um balanço dos sete meses de sua gestão, destacando avanços, como instalação de 16 Postos Avançados, realizados 158.394 emplacamentos, emitidas 139.125 CNHs e feitos 572.012 atendimentos, além de outros.

Após o discurso das autoridades foi feita a entrega do 1º Prêmio Amigo do Trânsito para instituições de ensino, organizações e empresas, Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) e Departamentos Municipais de Trânsito (DMTs).

Foram feitas homenagens, por meio da entrega de uma placa de agradecimento, a autoridades, dirigentes e servidores do Detran-MA pelo compromisso assumido e ações por um trânsito mais seguro no Maranhão.

Durante a solenidade, foram entregues o Certificado de Reconhecimento de Município Amigo do Detran-MA aos prefeitos dos 16 municípios onde foram instalados Postos Avançados pela atual gestão, e os certificados do curso de Formação e Atualização de Agentes de Trânsito de Paço do Lumiar e Itapecuru-Mirim e os três agentes que mais se destacaram no curso foram homenageados. A Federação das Associações, Cooperativas e Sindicatos dos Mototaxistas e Motofretistas do Estado do Maranhão (Fessimoto) fez uma homenagem ao governador Flávio Dino e ao diretor-geral do Detran-MA, Francisco Nagib, com a entrega da placa Amigo dos Mototaxistas e Motofretistas, entregue pela presidente da entidade, Juciane Marques.

 

VENCEDORES DO 1º PRÊMIO AMIGO DO TRÂNSITO POR CATEGORIA

Instituições de ensino: 1º lugar: UEB Olinda Desterro; 2º lugar: Instituto Farina; 3º lugar: Creche Escola Acolher

Organizações e empresas: 1º lugar: Potiguar; 2º lugar: 55 Soluções; 3º lugar: ACPL Engenharia; 4º lugar: FC Oliveira

Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans): 1º lugar: 1ª Ciretran – Imperatriz; 2º lugar: 4ª Ciretran – Balsas; 3º lugar: 2ª Ciretran – Caxias

Departamentos Municipais de Trânsito (DMTs): 1º lugar: DMT Timon; 2º lugar: DMT Chapadinha; 3º lugar: DMT Balsas

HOMENAGEADOS:

Governador Flávio Dino

Vice-governador Carlos Brandão

Secretário Nacional de Trânsito, Frederico Carneiro

Secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela

Diretor-geral do Detran-MA, Francisco Nagib

Diretor de Gestão de Política de Trânsito da Senatran, Eduardo Sanches

Prefeita de Paço do Lumiar, Paula Azevedo Desterro

Secretário Municipal de Saúde de São Luís, Joel Nicolau Nogueira Nunes

Coordenadora do Programa Comitê Vida no Trânsito, Adriana Moraes Gomes

Coordenador geral da campanha SOS Vida pela Paz no Trânsito/GLEMA, Lourival da Cunha Sousa

Diretor Administrativo do Detran-MA, José Rorício de Vasconcelos Junior

Diretor Operacional do Detran-MA, David Ximenes

O diretor Financeiro do Detran-MA, Wagner Guimarães de Sena

Coordenadora de Educação para o Trânsito, Rositânia de Farias

Chefe da Divisão de Transportes do Detran-MA, Ana Lúcia Guimarães de Queiroz

Comandante do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, tenente-coronel Joanilson Gusmão Mota

Superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Agnaldo do Nascimento Filho

Tv Mirante, representada pela chefe de Redação, Eveline Cunha

Gestor geral do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, Jhonatan de Matos Camilo

Equipe de Educação para o Trânsito e do Transitarte do Detran-MA

O Centro Médico RAD Imagem promoverá segunda (11/10), a partir das 8 horas, um evento em comemoração ao Dia das Crianças

O Centro Médico RAD Imagem promoverá segunda (11/10), a partir das 8 horas, um evento em comemoração ao Dia das Crianças. Serão oferecidas diversas atividades para as crianças presentes durante a avaliação pediátrica. Todas as atrações serão gratuitas.

Haverá Cine Pipoca e distribuição de brindes surpresa. Também haverá pintura de rosto e caricatura, além de personagens que irão animar o local durante todo o evento.

Traga seu filho(a) para comemorar o dia das crianças conosco!
Dia 11 de outubro no *Centro Médico RAD Imagem Codó*, a partir das 8 horas.

Aprovado projeto que prorroga incentivos fiscais a empresas por até 15 anos

O Senado aprovou, nesta quarta-feira (6), o projeto de lei complementar (PLP) 5/2021 que prorroga até 2032 incentivos fiscais concedidos pelos estados e pelo Distrito Federal para empresas no âmbito da guerra fiscal entre essas unidades federativas resolvida pela Lei Complementar 160/2017. Aprovado com 67 votos favoráveis, três votos contrários e uma abstenção, a matéria será encaminhada à sanção presidencial.

O setor de comércio atacadista e empresas que desenvolvem atividades portuárias e aeroportuárias e operações interestaduais com produtos agropecuários estão entre os beneficiados pela proposta. A guerra fiscal é resultado da concessão unilateral de isenções e benefícios fiscais do ICMS por parte de estados que buscam atrair investimentos para seus territórios.

Relatado pela senadora Rose de Freitas (MDB-ES), o projeto altera a Lei Complementar nº 160, de 2017, para permitir a prorrogação, por até 15 anos, das isenções, dos incentivos e dos benefícios fiscais ou financeiro-fiscais vinculados ao Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) destinados à manutenção ou ao incremento das atividades comerciais – desde que o beneficiário seja o real remetente da mercadoria, às prestações interestaduais com produtos agropecuários e extrativos vegetais in natura e à manutenção ou ao incremento das atividades portuária e aeroportuária vinculadas ao comércio internacional, incluída a operação subsequente à da importação, praticada pelo contribuinte importador.

O projeto contempla atividades agropecuária e industrial, inclusive agroindustrial, e ao investimento em infraestrutura rodoviária, aquaviária, ferroviária, portuária, aeroportuária e de transporte urbano, templos de qualquer culto e entidades beneficentes de assistência social; atividades portuária e aeroportuária vinculadas ao comércio internacional, incluída a operação subsequente à da importação, praticada pelo contribuinte importador; atividades comerciais, desde que o beneficiário seja o real remetente da mercadoria; e operações e prestações interestaduais com produtos agropecuários e extrativos vegetais in natura.

A relatora rejeitou emenda 1 de Plenário, do senador Esperidião Amin (PP-SC), que buscava aprimorar a redação do artigo 30 da Lei nº 12.973, de 2014, para afastar qualquer objeção por parte do Fisco federal de que os incentivos e os benefícios fiscais relativos ao ICMS concedidos pelos estados e pelo Distrito Federal são considerados subvenções para investimento, e como tal, desonerados do Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), da Contribuição para o PIS/Pasep e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (Cofins).

Embora meritória, ressaltou a relatora, a aprovação da emenda provocaria o retorno do projeto à Câmara dos Deputados, o que é desaconselhável ante a urgência de retomar os benefícios fiscais para o setor agropecuário extintos em 31 de dezembro de 2020. Ademais, os entraves erigidos pela fiscalização federal já vêm sendo majoritariamente afastados na fase recursal administrativa, justificou a relatora ao rejeitar a emenda.

Esperidião Amin chegou a defender a emenda em Plenário, mas desistiu e retirou o destaque, diante da urgência para a votação do projeto defendida por vários senadores.

Primeira necessidade

Em seu relatório, Rose de  Freitas (MDB-ES) ressalta que a aprovação do projeto é de extrema relevância, pois os benefícios fiscais permitem o acesso a bens de primeira necessidade por preços reduzidos, tendo em vista que os benefícios fiscais são repassados ao preço, beneficiando o consumidor final em toda a cadeia de abastecimento.

“A concessão de incentivos fiscais não constitui renúncia de receitas (fiscal), visto que os Estados nunca tiveram a receita correspondente, pelo contrário, em razão da concessão dos incentivos é que os Entes Federados atraíram empresa e consequentemente tiveram forte incremento na arrecadação do ICMS”, destaca a relatora.

Rose de Freitas registrou, ainda, que a prorrogação das isenções, dos incentivos e dos benefícios fiscais ou financeiro-fiscais vinculados ao ICMS destinados à manutenção ou ao incremento das atividades comerciais não afetarão as receitas da União, tampouco dos estados.

“Pelo contrário, o fim dos incentivos do comércio fará um êxodo das empresas para os grandes centros econômicos onde estão instaladas as indústrias. Nesse sentido, a prorrogação do prazo do benefício fiscal não acarreta impacto no orçamento público, visto que os benefícios já foram computados nos atuais orçamentos das unidades federadas. Ressalta-se que muitos incentivos fiscais têm sido prorrogados. Só o Confaz prorrogou mais de 228 incentivos em 2020, além da, extensão dos incentivos ao terceiro setor, o que aumenta a necessidade de equidade para outros setores da economia como o comércio” justificou a relatora.

Discussão

Antes da votação do projeto, o senador José Aníbal (PSDB-SP) defendeu a realização de debate na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) para aprofundar discussão sobre a matéria, aprovada na Câmara em 28 de setembro.

— O projeto renova incentivos fiscais, não vou me estender sobre essa questão que o Parlamento mais fala e menos faz, que é a reforma tributária, que não avança. Avança a guerra fiscal. Do ponto de vista fiscal, acho que o projeto não acrescenta, mas, de qualquer maneira, gostaria que esse debate fosse levado à CAE. São Paulo está sempre na mira dos subsídios e da guerra fiscal, que é uma corrida para o fundo, não é para a frente e nem para o alto. São Paulo não quer prejudicar ninguém. Sou um brasileiro que moro em São Paulo e admiro o Brasil em seu conjunto  — afirmou.

A senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) também defendeu o adiamento do projeto para a realização de debate na CAE, assim como o senador Roberto Rocha (PSDB-MA), relator da reforma tributária no Senado.

— Esse assunto deveria estar sendo discutido no bojo da reforma tributária. Não tem sentido discutir prolongamento de prazo de ICMS se o ICMS vai ser extinto — afirmou Roberto Rocha.

O senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO), por sua vez, destacou que os estados do Norte, Nordeste e Centro Oeste precisam dos incentivos fiscais para o desenvolvimento.

O senador Otto Alencar (PSD-BA) também cobrou a votação da proposição em Plenário.

— O projeto tem efeito imediato, a PEC da Reforma Tributária é um processo mais seletivo, isso aqui é fundamental para os estados em desenvolvimento, não dá para adiar, são benefícios vinculados ao ICMS destinados à manutenção de incremento de atividades comerciais, sem isso vamos ter dificuldades. Não teve estado mais beneficiado do que São Paulo na renegociação de sua dívida de 200 bilhões de reais. Nós, do Nordeste, queremos também essas condições de benefício fiscal para os estados poderem se desenvolver e preservar empregos. Proponho que não seja adiada a votação, vamos para o voto — afirmou.

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) destacou que a guerra fiscal é um dos grandes males do país.

— Porém, na ausência de um plano de desenvolvimento nacional, vedar a possibilidade de estados mais pobres poderem atrair investimentos é legá-los ao desemprego, falta de renda e de perspectiva. Nós precisamos ter responsabilidade federativa — afirmou.

O senador Izalci Lucas (PSDB-DF) registrou que a reforma tributária vem sendo discutida há mais de dez anos, e destacou que o desafio do Distrito Federal é mudar a matriz econômica para geração de mais empregos.

— O projeto tem que ser votado, é urgente, o setor do comércio atacadista precisa resolver isso, faço apelo para que volte favoravelmente ao projeto — afirmou.

Em resposta aos senadores, Rose de Freitas disse que compreendia todas as manifestações contrárias ao projeto, mas defendeu a votação do texto.

— Não se trata de salvar algum e prejudicar o outro, mas olhar o Brasil com responsabilidade. Não foi votada ontem [terça-feira] por causa do quórum baixo. O Brasil tem pressa, que a gente vote — concluiu.

Fonte: Agência Senado

Relatório sobre proposta de reforma tributária unifica tributos e moderniza o sistema

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) apresentou, nesta terça-feira (5), relatório à Proposta de Emenda à Constituição do Senado que trata da reforma tributária (PEC 110/2019). A apresentação foi feita no gabinete do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e teve participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, do presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, do secretário da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto, e do presidente do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz), Rafael Fonteles.

 Esta reforma está há 30 anos sendo aguardada. Nós estamos aqui em um dia histórico: governo federal, governos estaduais, governos municipais, setor produtivo, agricultura, indústria, comércio, serviços e o Fisco apoiam nossa proposta — afirmou Roberto Rocha antes de garantir que não haverá aumento da carga tributária.

Roberto Rocha explicou que seu relatório prevê a “unificação da base tributária do consumo”, com criação de um Imposto sobre Valor Agregado (IVA) Dual, ou seja, um IVA para a União (unificação de IPI, PIS e Cofins), chamado de Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), e um IVA para estados e municípios (unificação de ICMS e ISS), o Imposto sobre Bens e Serviços (IBS). Segundo o senador, o mesmo sistema é adotado no Canadá e na Índia e vai aumentar a base de contribuintes e diminuir a carga tributária ao longo do tempo.

O presidente do Senado afirmou que o sistema tributário brasileiro não é bom e que estados, Distrito Federal e a maior parte dos municípios apoiam o relatório de Roberto Rocha. Para Pacheco, o país precisa de um “remodelamento tributário”.

— O Congresso tem compromisso com a reforma tributária. Precisamos entregar para a sociedade brasileira um novo modelo de sistema tributário. Todos entendem que o sistema tributário brasileiro não é bom e precisa ser modificado porque é muito complexo, muito burocrático, difícil de compreender, afugenta investidores — afirmou.

De acordo com Pacheco, o Senado tem como prioridades, além da reforma tributária, a redução do preço dos combustíveis, a geração de empregos, o enfrentamento das crises energética e hídrica, o avanço da imunização anticovid, a retomada do crescimento econômico, o controle da inflação e a solução para os precatórios, além de um novo e mais robusto Bolsa Família.

— O Senado tem absoluto compromisso com a solução dos problemas do país, inclusive em colaboração com as boas ideias do governo federal. Nós aguardamos uma política, do governo federal, que seja assertiva, de medidas concretas em relação à fome e à miséria, especialmente em relação ao programa Bolsa Família, ou qualquer nome que se queira dar a ele, mas um programa social robusto, que possa atender, em termos de valores e em termos de inclusão daqueles que estão fora, para poder socorrer essas pessoas em razão de fome e de miséria — disse o presidente do Senado.

Roberto Rocha acrescentou que haverá a criação do Fundo de Desenvolvimento Regional (FDR), a ser financiado exclusivamente com recursos do IBS. Além disso, lei complementar terá que regulamentar a devolução do IBS para famílias de baixa renda.

“O sistema tributário brasileiro é caótico, ineficiente e gerador de iniquidades. É necessário, portanto, transitarmos para um modelo mais simples, com poucas alíquotas, poucas distorções, que reduza o custo de compliance e o litígio”, afirma Roberto Rocha em seu relatório.

Fonte: Agência Senado

Loja Americanas Abrirá filial em Timbiras (MA) e está com vagas abertas de emprego

Em Timbiras (MA) é notório perceber o progresso dos últimos cinco anos, e, neste período abriram diversos novos negócios. Novos postos de combustíveis, farmácias e demais ramos de comércio, podendo atribuir este crescimento graças às políticas adotadas da administração municipal que já tem mais de 50 meses de salários em dias.

E para provar mais ainda o progresso que Timbiras está passando, as Lojas Americanas deve abrir ainda este ano uma filial, onde vai gerar empregos diretos e indiretos, além de propiciar mais opção para o consumidor local.

Com a vinda das Lojas Americanas para Timbiras (MA), abriu-se oportunidade de trabalho, e a loja está recrutando, para as vagas de Supervisor de Vendas e para Operador Comercial, Confira:

Clique aqui para se Inscrever para Supervisor de Varejo!

E, abaixo segue o link para as vagas de Operador Comercial da Loja:

Clique aqui para se inscrever para Operador de Loja

A loja está em busca de pessoa engajada, dispostas e dinâmicas. Venha fazer parte do nosso time! Envie seu currículo para o endereço do banner e boa sorte.

TSE quer saber se PT fez repasses a mulher morta

Uma análise preliminar feita por técnicos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nas contas partidárias de 2019 do Partido dos Trabalhadores (PT) levou a Corte a pedir explicações à legenda em razão de gastos inicialmente suspeitos, incluindo repasses a uma pessoa que contava na Receita Federal como falecida.

No documento Informação 37/2021, incluído no processo de prestação de contas em março, relevado primeiramente pelo site O Antagonista, e ao qual O TEMPO teve acesso nesta quarta-feira (6), o TSE cobra que o partido manifeste-se quanto aos fornecedores informados na prestação de contas, com relação a inconsistências na base dados da Receita Federal.

No total, o TSE identificou R$ 1.109.840,40 pagos a fornecedores com CPF cancelados por óbitos ou a empresas inaptas ou baixadas antes da execução dos serviços.

Entre eles está o caso de Maria Diva de Faria, que teria recebido, segundo relatório do TSE, dois repasses iguais de R$ 302.681,26 em 6 de dezembro de 2019, quando o CPF estava já cancelado em razão de óbito.

Também foram identificadas outras inconsistências, como um pagamento de R$ 76 mil à empresa Gabriel Monteiro Produções Artísticas, que constava na receita como inapta.

O mesmo problema se deu em relação à Blue Cards Refeições (R$ 5.677.88) e à CEP com Estrat. Política Ltda. (R$ 200 mil). Por fim, o TSE também pediu explicações sobre um pagamento de R$ 222.800,00 à Toni Cotrim Comunicação S/S Ltda. em 31 de dezembro de 2018. A empresa constava como baixada desde novembro de 2017.

O TSE também pediu que o partido se manifestasse quanto a uso indevido de fundo partidário para despewsas como IPTU e IPVA, multas de trânsito, entre outros.

À Justiça Eleitoral, o PT negou qualquer irregularidade e apontou que as inconsistências teriam se dado em razão de erros da Receita Federal.

Caso os problemas não sejam esclarecidos e as contas sejam no futuro desaprovadas, segundio a Lei dos Partidos Políticos (Lei 9.096/1995), a legenda seria obrigada a devolver a quantia, acrescida de multa de 20%.

Vereador Evimar Barbosa fala sobre o projeto de Regularização Fundiária e a implantação de poços

Durante a 23ª Sessão Ordinária da Câmara Codó, realizada na última terça-feira (5), o vereador Evimar Barbosa falou a mídia digital sobre a necessidade do Projeto de Regularização Fundiária em Codó e a dificuldade em se achar terrenos para a construção de cinco poços de abastecimento na zona urbana.

“Nossa contribuição em relação à Indicação sobre o projeto de Regularização Fundiária da zona urbana é que na gestão passada tínhamos projeto para cinco poços de abastecimento, no entanto encontrávamos dificuldades para encontrar as áreas para construção dos poços e colocação dos equipamentos”, justificou.

O parlamentar também participou com adendo para melhoria da iluminação na Indicação sobre a reforma do Ginásio Poliesportivo Carlos Fernando.

Melhorias no Ginásio Carlos Fernando e Implantação de Bebedouros em espaços de lazer são temas de indicações na Câmara de Codó

O vereador Gracinaldo (PL) apresentou três importantes indicações na sessão da Câmara Municipal de Codó que aconteceu na noite desta terça-feira (05) visando melhorias na área de lazer, esporte e infraestrutura do município.

O parlamentar solicitou a reforma do piso e dos banheiros do Ginásio Carlos Fernando após receber reclamações de jovens. “O Ginásio Carlos Fernando necessita de melhorias urgentes no piso e nos banheiros, algumas competições estão retornando após a pandemia mais com o estado em se encontra fica praticamente impossível a utilização dos nossos jovens para prática de esporte”, explicou.

Diariamente diversos codoenses utilizam espaços públicos para a prática de atividades físicas como o Parque Ambiental, Centro Olímpico e Praça de São Sebastião. Por meio da indicação de N°315/2021, o edil solicitou ao Secretário de Esporte, Expedito Carneiro, a implantação de bebedouros nesses locais.

“Nossos codoenses que usam diariamente desses espaços para prática das atividades físicas precisam de bebedouros com água gelada para se hidratarem durante a prática dos exercícios físicos”, ressaltou.

Na infraestrutura, Gracinaldo pediu a canalização do Riacho Água Fria e a pavimentação asfáltica da travessa Belo Horizonte, no bairro Codó Novo através da indicação de N° 316/2021. As indicações foram colocadas em votação e aprovadas pela maioria dos vereadores presentes.