Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Moradores fazem protesto e interditam mais uma Rua em Timbiras

Moradores dos diversos bairros de Timbiras estão revoltados com o total descaso do prefeito Antônio Borba em relação à infraestrutura da zona urbana do município. Em Timbiras virou rotina as interdições de ruas realizadas pela população, que já não aguenta mais a poeira e os muitos problemas nas vias públicas da cidade.

Na manhã de segunda-feira, dia 12 de outubro de 2020, moradores da Rua da Caema, no bairro Anjo da Guarda, fizeram mais uma interdição de rua, como forma de protesto e de reivindicação pela situação abandono por parte da Prefeitura de Timbiras.

O povo de Timbiras é consciente das suas necessidades básicas e é consciente dos seus direitos, e por isso exige e quer a mudança do governo municipal, justificou um morador.

Justiça anula título honoris causa de Lula em universidade de Alagoas

O juiz Carlos Bruno de Oliveira Ramos, da 4ª Vara Cível de Arapiraca, determinou a suspensão — e consequente nulidade — do ato da Universidade Estadual de Alagoas que concedeu a Lula o título doutor honoris causa em 2017.

A cerimônia ocorreu em 23 de agosto, durante a caravana do petista pelo Nordeste em que fazia campanha para não ser preso pela Lava-Jato por causa da condenação por corrupção no caso do tríplex do Guarujá. Apesar de ser uma cerimônia acadêmica, a festa para Lula parecia um comício petista, como direito a declarações de voto e cantos de palavras de ordem como: “Lula, guerreiro do povo brasileiro”.

“Para eles, pobre é um problema, pobre dá muito trabalho. Para nós, pobre é a solução desse país”, discursou Lula, para delírio da militância presente.

Lula recebeu o título das mãos do reitor da universidade, Jairo Campos. A atual candidata do PSDB à Câmara de Maceió Maria Tavares Ferro questionou a premiação lembrando que a honraria reservada a Lula atingia “a moralidade administrativa, por ser o título concedido a pessoa condenada criminalmente e que responde a outras ações penais”.

A Justiça então indeferiu o pedido liminar da tucana para suspender o ato. Lula e a universidade rebateram as alegações da Maria Tavares, que não apresentou réplica. O Ministério Público, ouvido no processo, se posicionou pelo arquivamento da matéria sem julgamento de mérito.

O juiz Carlos Bruno, no entanto, decidiu que a matéria deveria, sim, ser julgada e derrubou a titulação de Lula lembrando um argumento básico ignorado pelos admiradores do ex-presidente na universidade: “Não é razoável nem atende à moralidade administrativa conceder honraria a alguém condenado judicialmente e que ainda responde a outras ações penais”.

Na decisão assinada em 23 de julho desse ano, mas só levada ao processo no último dia 9, o juiz argumenta que o título concedido a Lula, um condenado por corrupção, representa “hostil violação da regra administrativa na aprovação do título por desvio de finalidade revelador de ofensa à moralidade administrativa, além de propiciar manifestação de fim político-eleitoral na concessão do título”.

“Julgo procedente a pretensão deduzida em juízo, para declarar a nulidade do ato administrativo que condecorou o Sr. Luiz Inácio Lula da Silva em 23 de agosto de 2017, nos termos do art. 487, I, do Código de Processo Civil”, decide o juiz.

Fonte Veja

Dr. Júnior realiza primeiro comício após Mega Arrastão da Caravana do 11 em Peritoró

O candidato a prefeito de Peritoró Dr. Júnior (PP) realizou na noite de domingo, dia 11 e outubro, o seu primeiro grande comício, que levou milhares de pessoas ao centro da cidade. A festa teve início ainda no fim da tarde do domingão, com um Mega Arrastão da Alegria e da Esperança da Caravana do 11 , formado por uma gigantesca moto carreata, que formava um oceano azul, cobrindo quilômetros das principais ruas de Peritoró.

Dr. Júnior, ao lado da candidata a vice-prefeita Joana da Movelar, estiveram em meio do povão que seguiu da Rua da Palmeira até a Rua da Mangueira, centro da cidade, onde foi realizado um grande comício, que contou com a presença dos candidatos a vereador, políticos da região e lideranças.

Durante o evento, Dr. Júnior fez seu emocionado discurso, apresentou suas propostas, afirmou à população que tem diversos projetos para as mais diversas áreas e que o seu compromisso é com o trabalho. Já basta de tanto descaso e abandono. Chega de deixar o povo sofrendo e a cidade sem nada. Agora é a nossa vez, a vez do povo e de uma gestão que irá trabalhar lado a lado com as pessoas, para mudar e trazer tudo que Peritoró tanto precisa, declarou Dr. Júnior.

Milson da Gabriela na companhia de Zito Rolim esteve visitando os moradores da região dos Campos

O candidato a reeleição vereador Milson da Gabriela juntamente com o candidato a prefeito Zito Rolim, visitaram, na tarde de domingo (11), a região dos Campos, na Zona Rural de Codó.

Na ocasião, Milson da Gabriela reafirmou seu compromisso com a Zona Rural de Codó.

No povoado Buriti, Milson dialogou com moradores da comunidade, onde ouviu seus pleitos e reiterou seu compromisso em buscar melhorias para o desenvolvimento local.

“É um prazer visitar os povoados e ouvir as histórias e demandas de seus moradores. Manter o diálogo é a melhor forma do político se relacionar com o povo. Aproveitamos para reforçar nossa disposição em dar continuidade ao bom trabalho que já vem sendo feito na atual gestão em Codó. Essa união de forças trará mais investimentos e melhorias também às comunidades da Zona Rural do município”, ressaltou Milson .

Leda Torres segue visitando povoados da zona rural de Codó

Durante o ultimo final de semana a candidata a vereadora Leda Torres  (DEM) seguiu visitando a zona rural de Codó. No domingo (11) a candidata  esteve nos povoados Carnaubas e Mutum, onde se reuniu com a comunidade, a fim de tomar ciência das suas principais necessidades.

Recentemente a candidata já havia visitado os povoados, Anjico,São Bento,Lagoa do Sales,Santana do Machado e hoje estará na região das Cajazeiras.

Prefeita do Maranhão acusa Polícia Militar de Flávio Dino de bater em crianças e idosos; veja o vídeo

A prefeita de Bom Lugar, Luciene Costa (PSDB), desabafou após ter uma caminhada interrompida pela Polícia Militar, na noite deste domingo (11/10), em uma comunidade do município.

A gestora acusa a oposição do município de perseguição política. O grupo que é oposição da prefeita faz parte do grupo 65 e do Partido Comunista Brasileiro, sigla da base de Flávio Dino no Maranhão.

Ela acusa o governador Flávio Dino de interferir na política local, usando a Polícia Militar para tentar atrapalhar seus eventos políticos.

A caminhada da gestora foi interrompida com a presença da Polícia Militar. Em vídeos, crianças, idosos e adultos, passaram mal, após supostamente serem atingidos por bombas de efeito moral.

À prefeita, estava proibida de realizar à caminhada no povoado, por ordem de uma decisão judicial. Porém, ela diz ser vítima de perseguição.

De acordo com à decisão, a oposição do município, teria pedido com antecedência o apoio da Polícia Miliar, durante a inauguração de um comitê. O que de fato, impossibilitaria a realização de outro evento na mesma data. Já à prefeita, alega que está sendo duramente, perseguida.

Veja o video

Secretaria Administração Penitenciária do MA abre processo seletivo

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), abre inscrições para mais um Processo Seletivo Simplificado, desta vez para os cargos de Técnico Penitenciário em Enfermagem e Especialista Penitenciário em Terapia Ocupacional.

O seletivo será na Capital São Luís e nas cidades de Açailândia, Bacabal, Carutapera,Cururupu, Pedreiras, Timon, Tutoia, Balsas, Caxias, Grajaú, Imperatriz, Itapecuru, Rosário e Coroatá.

A remuneração para os cargos de  Técnico Penitenciário é de R$ 1.500 e Especialista Penitenciário é de R$ 3.000,00 pagos mensalmente, e já acrescidas as vantagens pecuniárias, permanentes e temporárias, estabelecidas por lei.

As inscrições estarão abertas a partir das 8 horas do dia 02 de outubro de 2020 e se estendem até às 23h59 do dia 08  de outubro de 2020, e deverão ser feitas, exclusivamente, pela internet, por meio do site oficial da secretaria estadual (www.seap.ma.gov.br).

Fonte: Seap/MA