Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Ao avançar sobre a Eldorado e abrir a TV do município, José Francisco monta comunicação para não depender de Biné

Na política quem não tem meios de comunicação tem dificuldade na relação com o eleitorado. Em Codó, tanto a rádio Eldorado como a TV Cidade foram fundamentais na divulgação do projeto político do grupão.

Hoje, passados mais de 100 dias de governo, José Francisco vem deixando claro que tem um projeto de poder próprio. O movimento novas ideias, liderar o pelo filho, é um chega pra lá sobre Biné e companhia onde os Figueiredo representam o velho na política.

A rádio Eldorado será agora o espaço do movimento e, com certeza, terá contrato com agência que trabalha para o poder público. O nome novo, usado pelos Neres e pela Eldorado, é só fachada para a prática da velha política.

Também, faz parte do projeto a TV da prefeitura, agora batizada de Liberdade. Cobra e lagarto estarão em guerra dentro do grupão, enquanto isso a cidade espera a tal revolução pregada durante a campanha.

Video: Moradores do povoado Barracão denunciam a falta de medicamentos no posto de saúde

O grupo representa várias comunidades  e veio para a porta da Prefeitura de Codó na manhã desta quarta-feira, 16, reclamar do atendimento no posto de saúde do povoado Barracão.

Medicamentos básicos estão em falta para os lavradores.

“Medicamento mais usado mais usado que é o hipertensivo já tá em falta, muitas vezes passa 8 ou 10 dias pra tornar chegar…E COMO FICA? A comunidade tá comprando, minha esposa é hipertensa eu to comprando medicamento dela, ela não tem….E SÃO LAVRADORES? Lavradores, aposentados, pessoas que precisam desta medicação”, destacou o agente comunitário da área José Domingos Alves  Santos

Dona Zilma Alves de Almeida, lavradora, completou.

“E lá agora não tem medicação, tem muita gente com pressão alta, gente com diabetes que depende muito daquele posto e agora a medicação não tá dando, as pessoas tão comprando, tão reclamando”

Eles também incluíram na pauta de reivindicação o retorno de uma recepcionista que trabalhava há 4 anos, e de uma técnica de enfermagem que estava no Barracão há 13 anos. Para isso colheram 600 assinaturas confirmando o desejo dos lavradores.

Outra questão urgente é o atendimento médico, como explicou a lavradora Elzirene Baima Viana

“Nós tava sem médico e sem enfermeira, agora botaram um  médico lá só que você tem que vir na segunda-feira marcar consulta pra consultar na terça ou na quarta, no mesmo dia não e tem muitas pessoas de comunidades distantes, que não tem transporte e é uma luta pra você conseguir, quebrando esse coco, pra conseguir pagar uma passar pra vir no barracão marcar pra vir outro dia consultar”

Eles ouviram que não seriam  atendidos pelo prefeito porque o gestor está viajando para Brasília, resolveram voltar para o povoado, mas não deixarão de reivindicar. Vão fechar o posto, evitando que os funcionários entrem até que o prefeito Zé Francisco solucione a questão.

“Nós vamos fechar o posto do barracão, vamos reunir a comunidade que tá lá nos esperando, muita gente pra ir e vamos fechar o posto até o prefeito dá uma solução pra nós”, garantiu dona Zilma.

Blog do Acelio Trindade

Bolsonaro anuncia aumento e diz que Bolsa Família de R$ 300 está ‘praticamente acertado’

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, em entrevista à “SIC TV”, de Rondônia, que está “praticamente acertado” um reajuste que levaria o benefício médio do Bolsa Família, que é atualmente de R$ 190 por mês, para R$ 300. A medida seria adotada a partir de dezembro.

Na última quinta-feira, o presidente já havia adiantado que a equipe econômica estava estudando um aumento de pelo menos 50% no benefício. Nesta terça-feira, entretanto, Bolsonaro destacou que o martelo já está praticamente batido para a mudança no Bolsa-Família.

— Tivemos uma inflação durante ao pandemia no tocante aos produtos da cesta básica em torno de 14%. Sei que teve item que subiu até 50%, sabemos disso. E o Bolsa Família, a ideia é dar um aumento de 50% para ele em dezembro. Para sair em média de 190 para, um pouco mais de 50%, seria 300 reais. É isso que tá praticamente acertado aqui e turbinar o Bolsa Família para que o programa passe de 14 milhões de famílias atendidas para 20 milhões até o fim do ano.É um número bastante grande (de famílias), pesa para a União, mas nós sabemos da dificuldade da nossa população. A equipe econômica praticamente bateu o martelo —  afirmou Bolsonaro.

Saiba como o excesso de bebidas alcoólicas pode afetar a sua saúde bucal

O consumo regular de bebidas alcoólicas é tão comum quanto socialmente aceito entre a maior parte da população mundial. 

Estima-se que anualmente cerca de 43% das pessoas consumam produtos etílicos. Contudo, dados coletados no último ano, apontam para o aumento desse número durante a pandemia.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), atualmente, 2.3 bilhões de pessoas ingerem bebidas alcoólicas em pelo menos três continentes. Isso é equivalente a 6.4 litros de álcool puro, per capita.

Mas de acordo com uma pesquisa realizada pela Organização Pan-Americana da Saúde, o crescimento do etilismo, durante a Covid-19, equivale ao consumo aproximado de 1.7 litros de cerveja, por ocasião.

Ainda que seja um costume popularmente aceito, mais de três milhões de mortes no mundo são associadas ao alcoolismo todos os anos. 

As estatísticas brasileiras indicam que a maior causa de acidentes letais no transito é decorrente do abuso da bebida alcoólica, e esta também apresenta fortes relações com os casos de suicídio no país.

Além disso, os efeitos do álcool podem causar problemas sérios e permanentes na saúde, deixando o paciente com danos cerebrais, pelagra, gastrite, e causando doenças bucais como as periodontites ou o aumento da propensão ao desenvolvimento do câncer de boca.

Como as bebidas agem no organismo?

Existem duas formas de produzir bebidas alcoólicas: a fermentação e a destilação.  Cada uma destas técnicas resulta em diferentes níveis de concentração de álcool e, consequentemente, na rapidez e severidade dos efeitos no organismo.

Os drinques fermentados, como a cerveja e o vinho, são feitos a partir da transformação do açúcar presente nos ingredientes em álcool e gás carbônico. Eles costumam apresentar um menor teor alcoólico, sendo de aproximadamente 8%.

Enquanto isso, as bebidas destiladas, como a Vodka e o Whisky, são produzidas a partir da evaporação e concentração do álcool, que pode resultar em produtos com o teor de até 70%. Por isso, as bebidas destiladas são mais fortes e intoxicáveis.

A mistura destes dois tipos de bebidas potencializa ainda mais seus efeitos e podem causar perdas simples de controle motor, equilíbrio e memória, mas também provocam a falência múltipla de órgãos e o coma.

O álcool é uma substância depressora do sistema nervoso central (SNC) e causa a diminuição da atividade cerebral, podendo ter efeitos sedativos ou anestésicos. Quando consumido em excesso, a bebida pode deixar o paciente inconsciente e até levá-lo a óbito.

O etanol é absorvido pelo estômago e difundido para todos os órgãos e líquidos do corpo através do sistema sanguíneo. Ele pode afetar o cérebro, coração, estômago e ainda é encontrado na placenta das gestantes.

Após aproximadamente uma hora, a bebida começa lentamente a ser metabolizada pelo fígado, que a transforma em acetaldeído, acetato, água e gás carbônico. Que são, por sua vez, elementos menos prejudiciais para o corpo.

Doenças que podem ser causadas pelo etilismo

Como o etanol está presente no sangue, ele altera o processo de absorção de nutrientes, causando as deficiências de vitaminas – como a B1, B6, B12 e C. 

A falta desses elementos nutricionais é a principal causa da anemia, lesões nos nervos, neuropatias, depressão, feridas bucais e inflamação da pele.

Além disso, o uso contínuo de bebidas alcoólicas faz com que o paciente perca neurônios com frequência e possa desenvolver lesões cerebrais permanentes, bem como doenças como a demência precoce.

Em conjunto com esses sintomas, o uso excessivo dessa substância pode causar outras enfermidades, como:

  • Hepatite alcoólica;
  • Cirrose;
  • Patologias emocionais;
  • Polineurite;
  • Úlceras cutâneas.

O etilismo prejudica, ainda, os procedimentos cirúrgicos, fazendo com que o funcionamento da anestesia seja comprometido e atrapalhando a recuperação. 

Isso porque o consumo dessas bebidas dilata as veias e aumenta o inchaço e a inflamação do local, causando a rejeição de tratamentos como o implante dentario.

Esse consumo exagerado é, inclusive, uma questão de saúde pública, trazendo altos gastos em tratamentos médicos, psicológicos e estruturais para a união. Afinal, o controle da quantidade de bebida ingerida pela população pode impedir a incidência de até 80 mortes por dia.

Por isso, a dose máxima permitida por lei, no Brasil, é de 0.6 gramas por litro de sangue (caso a pessoa esteja dirigindo). 

No entanto, segundo a medicina, não existe dosagem segura para garantir o bem-estar físico do paciente. Pois, mesmo as menores quantidades já causam efeitos negativos para a saúde.

Apesar disso, a OMS indica um limite máximo de 30 gramas de álcool por dia. O que equivale a duas latas de cerveja, três taças de vinho ou uma dose de destilados, como a pinga ou o gin.

Impactos do álcool na saúde bucal

Além de todos os problemas já citados, a saúde da boca também sofre grandes impactos com o etilismo, seja na estrutura dental, mucosa, ou mesmo em procedimentos previamente realizados.

Isso ocorre principalmente porque, devido ao seu efeito diurético, a produção salivar é comprometida e a boca torna-se mais seca e ácida.

Esse ambiente seco é ideal para o crescimento de bactérias bucais responsáveis pelo aparecimento de cáries, placas bacterianas e inflamações das gengivas. 

Além disso, o ph mais baixo causa o desgaste do esmalte dentário e o déficit de cálcio – o que deixa os dentes e a estrutura mandibular mais fraca.   

Mais ainda, ao entrar em contato com essa superfície desgastada, o contato do pigmento do vinho tinto pode estragar o efeito de procedimentos, como o clareamento dental, causando manchas mais profundas que podem ser mais difíceis de tratar.

Mas os impactos mais graves que a bebida pode ter na saúde bucal advém do aumento da probabilidade na aparição de inflamações graves e feridas cancerígenas.

Periodontite

Essa doença é resultado do agravamento de uma inflamação gengival não solucionada. Quando ela atinge estágios mais avançados, as bactérias passam a atacar os tecidos de sustentação dos dentes e a estrutura mandibular.

Aqui, o paciente pode perder irreversivelmente a massa óssea e o dente. Mas o que torna essa doença ainda mais severa é que os microrganismos infecciosos podem contaminar a corrente sanguínea e espalhar a enfermidade para outras partes do corpo.

Estudos indicam que as bactérias bucais podem ser responsáveis pelo surgimento de doenças cardiovasculares, gastrointestinais e respiratórias. 

Além disso, elas podem se alojar no cérebro do paciente ou no útero de mulheres grávidas, causando o parto prematuro.

No caso da Covid, indícios apontam para a periodontia como uma das responsáveis pelo acometimento de quadros graves da infecção respiratória.

Na prática, isso se dá porque o vírus consegue se multiplicar mais rapidamente na saliva e, por meio das feridas bacterianas, infectar a corrente sanguínea.

Câncer de boca

Devido aos danos causados na mucosa bucal, o consumo de álcool é um dos principais fatores de risco no aparecimento do câncer de boca. Se combinado com o hábito de fumar, essa probabilidade se torna 20 vezes maior.

Esse tumor maligno pode aparecer em qualquer lugar da boca, na garganta, esôfago, laringe, faringe e no fígado.

Pela localização, costuma ser uma doença silenciosa que não apresenta sintomas perceptíveis até que o caso esteja mais sério. 

Por isso, o cuidado adequado, evitar os fatores de risco e manter a regularidade das consultas odontológicas são hábitos que se fazem ainda mais necessários. Para tratamento, exige a remoção cirúrgica ou o tratamento por quimioterapia e radioterapia.

Como melhorar os cuidados com a saúde

Deste modo, motivos não faltam para repensar essa mania de beber assiduamente e diminuí-lo consideravelmente.

Se o paciente tem uma relação de adicção com a bebida, é preciso consultar um especialista que possa realizar um tratamento especializado para cada situação e, após a remissão do vício, procedimentos para recuperação da saúde geral e integridade bucal podem ser feitos.

Neste caso, conforme o acompanhamento adequado para o vício e com o odontologista, é possível verificar, por exemplo, quanto custa lente de contato dental, para recuperar estruturas com manchas mais profundas ou dentes que foram quebrados.

Mas, de modo geral, algumas mudanças no cotidiano também podem auxiliar na diminuição da ingestão alcoólica e com os cuidados bucais, mantendo a qualidade da saúde e prevenção de outros problemas bucais que possam ocorrer.

Crie novos costumes

As bebidas normalmente estão associadas a alguns tipos de atividades, como assistir televisão ou mexer no celular. Assim, mudar a rotina e realizar outras atividades que as substituam são formas eficazes de diminuir o consumo do álcool.

Por outro lado, manter consultas regulares com o dentista ajuda na identificação de feridas bucais que demoram a cicatrizar e possam ter uma natureza cancerígena.

Por isso, se você tem o costume de beber constantemente, é recomendável a realização de consultas uma vez a cada seis meses.

Essas consultas também são úteis para a realização de tratamentos odontológicos que garantam a beleza dos dentes e melhorem a autoestima do paciente, como a aplicação da lente de contato dental.

Estabeleça recompensas

O sistema de recompensas é fundamental para a criação de novos hábitos. Isso porque o cérebro gosta de repetir tarefas prazerosas, por isso substituir a cerveja ou o vinho por uma atividade agradável e relaxante pode facilitar a adoção de costumes mais positivos.

Realizar o autocuidado nos momentos de tensão e cansaço, por meio de uma rotina de skincare ou um alongamento corporal, bem como finalizar pequenas tarefas que estavam pendentes e são fáceis de resolver, melhora o estresse e dão a sensação de satisfação.

Além disso, lembre-se que as tarefas devem ser entendidas como mini-objetivos para um resultado final. Assim, premiar-se pode ser vantajoso ao relacionar tais atividades a uma sensação de prazer gerada pela recompensa.

Coma alimentos que te deixe feliz

Investir em comidas como o chocolate, a banana, o mel e até o espinafre, pode estimular a produção de serotonina e dopamina que auxiliam no controle do humor e na diminuição da ansiedade.

Só não esqueça de higienizar bem os dentes e o aparelho invisivel depois da alimentação, para não correr o risco de estimular as bactérias bucais e piorar quadros de inflamações gengivais e cáries.

Acompanhamento odontológico

As consultas regulares com o dentista são essenciais para qualquer paciente, mas as pessoas que costumam estar expostas aos danos bucais causados pelo álcool devem manter essas  visitas ainda mais frequentes.

Elas são necessárias para garantir a saúde dos dentes e para ajudar a perceber quando o consumo de bebidas começou a extrapolar e te prejudicar. 

O paciente pode aproveitar, ainda, para fazer a manutenção do aparelho dental invisivel ou até realizar tratamentos cosméticos de interesse.

Mesmo com a rotina de escovação correta alguns organismos nocivos à saúde bucal mais resistentes podem ficar acumulados em lugares de mais difícil acesso. 

Em função disso, a limpeza profissional dos dentes é fundamental para evitar doenças e deve ser realizada com regularidade indicada pelo profissional

Além disso, o dentista pode orientar para os cuidados necessários e sanar dúvidas sobre quanto custa lente de contato dental, por exemplo, aliando a saúde almejada com um sorriso ainda mais belo, recuperando o paciente.

‘Se ele é satânico, forças de segurança são anjos’, diz major sobre Lázaro

O major Rio Branco, subchefe do centro de comunicação social da PMDF (Polícia Militar do Distrito Federal) falou em entrevista à edição da noite do UOL News sobre as buscas por Lázaro Barbosa Sousa, de 32 anos, suspeito de matar quatro pessoas de uma mesma família na capital do Brasil na quarta-feira (9).

Desde sábado, mais de 200 agentes do Distrito Federal e de Goiás participam da força-tarefa para capturar o homem. O major destacou que entre as maiores dificuldades da operação está a grande familiaridade de Lázaro com a região, fazendo com que ele escape repetidamente dos “cercos” das forças de segurança.

A gente conseguiu fazer um cerco, mas ele conseguiu escapar porque ele conhece a região. Ele sai. Quando ele sai, a gente tem que montar outro cerco e ir afunilando para pegar ele. A gente não pode passar informações de todos os moldes como estamos operando, porque coloca em risco a polícia. Ele pode estar assistindo. Mas assim, saibam que a gente está no local”, destacou o major Rio Branco.

O militar ainda comentou os boatos de que Lázaro afirmaria estar “possuído” por um demônio e tranquilizou a população no entorno de Brasília após o crime em Ceilândia (DF).

Em relação a falar: ‘ah, ele fez pacto com isso ou aquilo’. Independente disso, as forças de segurança…vamos dizer assim: se ele é a força satânica, as forças de segurança são os anjos de Deus. Então eles vão encontrar o Lázaro e vão capturá-lo com toda segurança para a comunidade da região em que ele está”.

Ainda na entrevista ao UOL News, o major Rio Branco não confirmou que os disparos que feriram um policial durante a operação de busca pelo suspeito partiram de Lázaro, dizendo apenas que o agente baleado está bem e que a origem do tiro é investigada.

Ele também não quis comentar as informações de que um segundo policial também teria sido ferido.

Prefeito Dr Ze Francisco não honra pagamento e posto suspende fornecimento de combustível à Prefeitura

Máquinas, caminhões e outros veículos da Prefeitura de Codó estão parados no patio da Cibrazaem por falta de fornecimento de combustível.

Segundo denúncia enviada à reportagem do Codó Notícias na manhã desta quarta-feira (16.06), o “Posto Deus é grande ”, responsável pelo fornecimento, suspendeu o fornecimento de combustível porque o prefeito Dr. Zé Francisco (PDS) não honrou, com as parcelas do contrato com a empresa.

Conforme a denúncia, desde a última segunda-feira (14.06) o posto diminuiu a quantidade, em litros, do combustível para abastecer os veículos oficiais do município. “A tendência que eles enviem menos combustível a cada dia, o que provoca a redução da frota de veículos da Prefeitura”, disse a denúncia.

Ainda de acordo com a denúncia, não há previsão para a regularização dos valores em débito com o posto de combustível, o que pode prejudicar ainda mais a prestação dos serviços públicos.

Codevasf autoriza licitação para elaboração de projeto da ponte sobre a Baía de São Marcos em São Luís

Veja o projeto da ponte sobre a Baia de São Marcos:

 

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba – Codevasf, divulgou no dia 1º de junho, um aviso que autoriza a licitação para contratação de empresa especializada que irá elaborar o estudo de viabilidade técnica do projeto básico de engenharia para a construção da transposição da Baía de São Marcos, que é um sistema viário São Francisco – Bonfim – Itaqui em São Luís.

A construção da ponte estaiada é uma iniciativa do senador Roberto Rocha. Segundo o parlamentar, ela terá 2,7 km de extensão, sendo três vezes maior que a Ponte José Sarney. Só o projeto básico está orçado em R$ 14,9 milhões e incluirá vias de acesso com infraestrutura completa que contempla seis faixas de tráfego; duas faixas para VLT, ciclovias, passeios e uma avenida de contorno ao bairro Anjo da Guarda até a Avenida dos Portugueses.

A expectativa é de que a ponte sobre a Baía de São Marcos impulsione a mobilidade e o desenvolvimento de toda a região do eixo Itaqui-Bacanga, cuja população está estimada em 250 mil habitantes. A região abriga cerca de 60 bairros, organizados em microrregiões, além de grandes empresas e organizações como a Universidade Federal do Maranhão – UFMA, o Porto do Itaqui e a Vale.

Em entrevista para o jornal Bom Dia Mirante, da TV Mirante, nesta sexta-feira (11), o senador Roberto Rocha destacou que esse é mais um projeto estruturante que está sendo viabilizado pelo seu mandato no Senado. Ele disse, ainda, que já trabalha nesse projeto há cerca de dois anos.

“Nós não podemos pensar em obras sem ter projetos. Não existe hipótese de construir uma obra de infraestrutura, sem que antes seja elaborado o projeto básico. E essa é uma obra extraordinária, que já estamos trabalhando há cerca de dois anos. A região do eixo Itaqui-Bacanga, atualmente, tem uma população maior que Imperatriz. Por que não podemos pensar em fazer uma ponte desse porte na Ilha de São Luís, ligando essas regiões tão importantes, e que trará um estímulo enorme à economia local?”, indagou o parlamentar maranhense.

*Obras na Lagoa da Jansen*

O senador Roberto anunciou que no segundo semestre deste ano, serão iniciadas as obras de revitalização ambiental da Lagoa da Jansen, em São Luís. Segundo ele, só a primeira etapa terá um investimento de mais de R$ 250 milhões. De acordo com o senador, todo o lixo que tem na Lagoa será retirado e colocado dentro de ecobags, que serão envelopados e destinados a um aterro sanitário.

Equatorial Maranhão realiza campanha de negociação de dívidas em parceria com o Procon

A Equatorial Maranhão, em parceria com o Procon, realiza de 15 de junho a 15 de julho a campanha “Mês da Negociação Equatorial”, que oferece condições especiais de pagamento aos clientes maranhenses. Com juros reduzidos e parcelamentos facilitados para todos os clientes residenciais ou baixa renda, a campanha oferece oportunidades para quitar dívidas à vista ou parceladas, aos consumidores que estão com dificuldades para manter as contas em dia.

A campanha tem como objetivo auxiliar o cliente afetado pelos impactos econômicos, em decorrência do período da pandemia da Covid-19 e, que acabou acumulando as faturas de energia. “Nesse momento de pandemia, em que muitas famílias enfrentam dificuldades financeiras, toda iniciativa que vise evitar o superendividamento é importante. Por isso, o Procon/MA atuará como mediador, nessa campanha, a fim de assegurar aos consumidores as melhores condições para negociarem seus débitos, sem comprometer o orçamento”, afirma a presidente do Procon/MA, Karen Barros.

Como aderir às negociações facilitadas

cliente residencial e baixa renda poderá parcelar seus débitos acumulados conforme a quantidade de faturas em aberto e a faixa de consumo de cada unidade consumidora. As negociações podem ser feitas até o dia 15 de julho, por meio dos seguintes canais:

1-    Site: acessando o www.equatorialenergia.com.br o cliente tem duas opções:

Pagar com cartão” – modalidade que permite parcelar débitos no cartão de crédito, com isenção de juros, multas e correção (haverá cobrança da taxa do cartão) e a opção Parcelar débitos” –  onde o cliente poderá negociar na própria conta de energia, com redução de juros, multas e correção;

2-    Central de Atendimento Exclusivo: o titular da conta pode ligar no 0800 098 2997, com atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e, aos sábados, das 8h às 14h, e solicitar a negociação com um dos atendentes;

3-    Presencialmente: o titular da conta pode buscar um dos pontos de atendimento presencial da Equatorial Maranhão para realizar a negociação. Basta levar seus documentos pessoais, a conta de energia e o cartão de crédito/débito caso queria utilizar essa modalidade de pagamento.

A líder do pré-contencioso e cobrança da Equatorial Energia, Amanda Castro, avalia a parceria entre as instituições: “Com a colaboração do Procon conseguiremos unir forças e contribuir com a regularização dos débitos e redução do endividamento no estado. Essa campanha traz inúmeros benefícios para que o cliente, não apenas para que volte a manter suas faturas em dia, mas tenha a continuidade de um serviço tão essencial como a energia elétrica”, explica.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão