Dia do Pediatra | crianças enfrentam doenças respiratórios durante mudança climática Especialista da Pitágoras orienta sobre prevenção e imunização contra covid e bronquiolite

Segundo dados do Ministério da Saúde (MS) houve um aumento de 30% dos casos de doenças respiratórias nos primeiros quatro meses de 2022, comparado ao mesmo período do ano passado. Normalmente com a mudança climática acentuam-se os quadros virais, principalmente em crianças, que possuem o sistema imunológico mais vulnerável.
Polyana Sena, especialista em pediatria e professora do curso de Medicina da Faculdade Pitágoras diz que estas alterações são comuns com a mudança das temperaturas. “O aumento de casos de bronquiolite e outras enfermidades virais é frequente neste período com a mudança climática, além da flexibilização das medidas restritivas. A bronquiolite é uma doença inflamatória que atinge o bronquíolo, uma estrutura do pulmão. Ela pode ser causada por vários vírus, mas o mais comum é o VSR, com o qual quase todas as crianças têm contato nos primeiros anos de vida, sem grandes complicações”, explica.
Assim como boa parte das viroses, a transmissão ocorre pelo ar ou superfícies de contato, mãos ou objetos contaminados pelo vírus. Os principais sintomas são semelhantes a uma gripe, podendo apresentar tosse, congestão nasal e coriza. Os sinais iniciais podem ser confundidos com outras enfermidades, mas a bronquiolite compromete a qualidade respiratória, o que pode gerar por ser uma obstrução nasal, tendo como sintoma a dificuldade para respirar.
Não existe vacina contra o vírus que causa esta inflamação, o VSR. Neste caso, a docente dá orientações sobre como prevenir a contaminação. “Como o vírus se espalha pelo ar com facilidade, o ideal é evitar situações que expõem o bebê a grandes aglomerações, em especial nas primeiras seis semanas de vida. Além disso, sempre manter as mãos higienizadas ao tocar no bebê; os protocolos essenciais que aprendemos com a Covid”, aconselha.
A especialista orienta “a lavagem nasal tem sido uma forte aliada na saúde respiratória durante o verão, especialmente das crianças. Fazer esse processo garante que o nariz possa cumprir com suas funções sem dificuldades, como filtrar o ar de impurezas, regular a entrada de ar nos pulmões e proteger o organismo contra bactérias e vírus. Evitando assim várias doenças respiratórias e agravamento. Hoje, recomendo como rotina na vida das crianças”, pontua.
Já contra o coronavírus, com a oferta de vacinas para proteger crianças entre 5 a 11 anos, a especialista comenta a importância de priorizar a imunização. “A vacinação de crianças contra Covid-19 no Brasil tem como objetivo impedir casos graves e mortes nesse público e novas ondas de transmissões, sobretudo pelo surgimento de variantes. Uma criança vacinada tem menos possibilidade de ter a doença grave e de vir a óbito que uma criança que não foi vacinada. Todos ainda estamos suscetíveis, mas a vacina vem demonstrando a eficácia, com a redução de mortes por covid”, conclui.
Dia do Médico Pediatra
O Dia do Pediatra é celebrado anualmente no dia 27 de julho. A data foi escolhida por ser o dia da fundação da Sociedade Brasileira de Pediatria, ocorrida em 1910. O pediatra é o médico responsável por fornecer a orientação necessária para o desenvolvimento saudável de crianças e adolescentes, indicando as ações adequadas para recuperar a saúde e prevenir doenças.
A formação de um pediatra exige tempo e muita dedicação. Para atuar como médico clínico, além de seis anos de graduação em medicina, o profissional precisa passar por três anos de residência em um hospital pediátrico. Já para ser cirurgião pediátrico, mais do que os anos de graduação, são necessários dois anos de residência em cirurgia geral seguidos de três anos em cirurgia pediátrica.
FACULDADE PITÁGORAS
Fundada em 2000, a Faculdade Pitágoras já transformou a vida de mais de um milhão de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação, extensão e ensino técnico, presenciais ou a distância.
Presente nos estados de Minas Gerais, Maranhão, Goiás, Ceará, Pará, Piauí, Paraíba, Pernambuco, Acre, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Paraná e São Paulo, a Faculdade Pitágoras presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Faculdade Pitágoras oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais.
A Faculdade Pitágoras nasceu herdando a tradição e o ensino de qualidade oferecido pelo Colégio Pitágoras, fundado em 1966, que também deu origem ao grupo Kroton. Para mais informações, acesse o site.
Sobre a KrotonMed
A KrotonMed é a unidade de negócio da Kroton voltada para a Medicina. Criada em 2021, a KrotonMed possui mais de 3 mil alunos matriculados no curso de Medicina em 6 instituições de ensino superior: Unic, no Mato Grosso; Uniderp, no Mato Grosso do Sul; Unime Lauro de Freitas e Pitágoras Eunápolis, na Bahia; e Pitágoras Codó e Bacabal, no Maranhão. A KrotonMed possui mais de 7 mil alunos em cursos de Saúde Presencial, mais de 18 mil alunos em outros cursos presenciais de alto valor agregado. Os cursos recebem investimentos constantes para aprimoramento da infraestrutura, que inclui laboratórios e ferramentas que utilizam as mais avançadas tecnologias voltadas ao ensino da Medicina. As instituições possuem parceria com clínicas e hospitais que atendem a população, possibilitando ao aluno acesso a um alto nível de educação que reúne teoria e prática e uma preparação eficiente para sua inserção no mercado de trabalho.

 

Guilherme Oliveira continua se mobilizando e consolidando apoios em todo o Maranhão

O Pré-candidato a deputado Federal Guilherme Oliveira tem percorrido o estado do Maranhão para consolidar uma forte base de apoio para o pleito que se aproxima. Somente neste fim de semana, entre os dias 16 e 17 de Julho, Guilherme visitou as cidades de Barra do Corda, Timbiras, Aldeias Altas, Caxias e Tuntum.
Guilherme Oliveira já tem, inclusive, data marcada para o lançamento de sua pré-campanha, será neste dia 23 de Julho, às 16h, na União Artística e Operária Codoense. No evento são esperadas presença de lideranças de mais de 70 munícipios do estado.

Apoiadores de Bolsonaro farão motociata em Londres

Nesta quarta-feira (20), o ex-secretário especial de Cultura, Mario Frias, compartilhou um vídeo sobre uma motociata que está sendo organizada em Londres, Inglaterra, para apoiar o presidente Jair Bolsonaro. As informações compartilhadas por Frias são de Alexandre Kunz, que fez uma gravação para anunciar o ato.

De acordo com a publicação, a motociata acontecerá no dia 31 de julho.

Vem aí uma grande motociata em apoio ao presidente Bolsonaro na Ace Café ao lado do Wembley Stadium em Londres. Dia 31/07/2022 @brazilianbikerfest. Londres é Bolsonaro 2022. Please, divulguem – diz a postagem, que também aparece no perfil de Kunz.

Putin: Está sendo criada nova ordem mundial “mais justa”

Nesta quarta-feira (20), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que o Ocidente não pode oferecer ao mundo seu modelo de futuro. Ele afirmou ainda que uma nova ordem mundial “mais justa” está sendo criada.

O Ocidente não pode oferecer ao mundo seu modelo de futuro (…). Tanto local como globalmente, estão sendo lançados os fundamentos e princípios de uma ordem mundial harmoniosa e mais justa, socialmente orientada e segura, uma alternativa à existente – falou.

As declarações foram dadas durante um fórum, em Moscou.

Essa nova ordem mundial, segundo o líder russo, está chegando para substituir um mundo unipolar que, “por sua natureza, está retardando o desenvolvimento da civilização”.

O chefe do Kremlin alegou que as elites do mundo ocidental estão, atualmente, “em pânico” por outros centros de desenvolvimento global apresentarem sua visão de futuro.

– Não importa o quanto as elites ocidentais e supranacionais tentam preservar a ordem existente das coisas. Uma nova era, uma nova etapa na história mundial está se aproximando. Somente Estados verdadeiramente soberanos podem garantir uma dinâmica de alto crescimento – enfatizou.

*EFE

Petistas querem fraudar convenção de Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de posse do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no Palácio do Planalto.

Petistas e opositores de Jair Bolsonaro (PL) articularam nas redes sociais um boicote a convenção do Partido Liberal que deve oficializar no próximo domingo (24 julho), no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, a candidatura do presidente da República à reeleição.

Os ingressos para a convenção foram disponibilizados gratuitamente no Sympla, plataforma on-line de eventos. Os opositores resgataram várias entradas para o evento com objetivo de esvaziar a convenção. A organização surgiu em fóruns e em mensagens em grupos privados em aplicativos de mensagens durante o final de semana. A movimentação chegou no Twitter na manhã desta terça (19 julho).

Para adquirir uma entrada, bastava o usuário criar uma conta na plataforma e fornecer dados como o Cadastro de Pessoa Física (CPF), endereço, e-mail e telefone. Porém para evitar dar os dados pessoais, usuários compartilharam maneiras de driblar o cadastro, como divulgar o CEP de endereços famosos, sites para a criação de e-mails temporários e geradores de CPFs aleatórios

A tática é semelhante a que a oposição a Donald Trump adotou na campanha do ex-presidente americano à reeleição. Em junho de 2020, usuários das redes conseguiram esvaziar um comício em Tulsa, Oklahoma, ao confirmarem presença em massa e não aparecerem para participar. A campanha esperava encontrar um estádio lotado, mas só metade dele estava ocupado.

Homem “desaparece” dentro da própria casa, cheia de entulho

Um homem de 52 anos estaria preso dentro da própria casa, repleta de entulho, em Piracicaba, São Paulo. Agentes da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros e da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) estão realizando buscas no local desde a noite desta terça-feira (19).

As equipes encontraram dificuldade devido à grande quantidade de materiais acumulados na residência. De acordo com familiares do homem, toda sorte de objetos e lixo são acumulados por cerca de três décadas.

Tem 30 anos acumulando coisa – contou a irmã do homem, Tania Cristina Garcia.

– A minha mãe ia para minha casa uma vez por ano, ficava lá comigo, mas para cá mesmo eu não vinha, porque ela mesma falava para eu não vir porque não tinha como entrar – acrescentou Tania.

Vizinhos e familiares acionaram os agentes alegando que não veem o homem desde segunda (18). De acordo com eles, o morador é visto diariamente entrando e saindo da residência. Ao iniciar as buscas, as equipes tiveram que retirar parte do entulho, para que houvesse condições de acessar o local.

– Há um corredor de um metro de largura, mas o espaço liberado nele é de cerca de 40 centímetros. Estamos tentando limpar para poder, rastejando, acessar a casa – informou Odair Melo, coordenador da Defesa Civil.

Fonte: Pleno News

O MPMA abre inquérito civil para apuração de pagamentos de altos salários, sob justificativas de plantões médicos, sem a prestação do respectivo serviço em Codó

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO MARANHÃO, por seu Representante Legal  CARLOS AUGUSTO SOARES que esta subscreve, titular da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Codó/MA, com atribuição em matéria de Probidade Administrativa, no uso das atribuições que lhe confere o art. 129, III, da Constituição Federal, o art. 26, I da Lei Orgânica Nacional do Ministério Público (Lei Federal n.º 8.625/93), o art. 27, caput, da Lei Complementar nº 013/91 do Estado do Maranhão e nos termos do § 7º do art. 2º da Resolução nº.
23 de 2007 do Conselho Nacional do Ministério Público, CONSIDERANDO que a probidade administrativa é um valor a ser promovido e defendido, sancionando-se os atos de improbidade, conforme previsto no art.37, § 4º, da Constituição Federal;
CONSIDERANDO que a probidade administrativa equivale ao comportamento legal, moral e ético que a Constituição Federal exige de todo e qualquer agente público, que zele pelo patrimônio (res publica), e que adote, em suas práticas, os princípios da boa administração: legalidade, moralidade, pessoalidade, publicidade e eficiência (CF, art. 37);
CONSIDERANDO que a violação ao princípio da probidade, em qualquer das modalidades previstas nos arts. 9º, 10 e 11 da LIA, ofende diretamente o interesse difuso da coletividade, consistente na exigência de que a Administração e seus agentes atuem em conformidade com a ordem constitucional;
CONSIDERANDO que o art. 127 da Constituição Federal incumbe ao Ministério a defesa da ordem jurídica, do Estado Democrático de Direito e dos interesses sociais e individuais indisponíveis;
CONSIDERANDO que constitui ato de improbidade administrativa importando em enriquecimento ilícito auferir, mediante a prática de ato doloso, qualquer tipo de vantagem patrimonial indevida em razão do exercício de cargo, de mandato, de função, de emprego ou de atividade nas entidades referidas no art. 1º da Lei 8.429/92, e notadamente seus incisos:
CONSIDERANDO que compete ao Ministério Público, nos termos do art. 129, III, da Constituição Federal, promover o inquérito civil e a ação civil pública para a defesa do patrimônio público e outros interesses sociais e individuais indisponíveis;
CONSIDERANDO que, de acordo com o art. 1º da Resolução CNMP nº 23/2007, o inquérito civil, de natureza unilateral e facultativa, será instaurado para apurar fato que possa autorizar a tutela dos interesses ou direitos a cargo do Ministério Público nos termos da legislação aplicável, servindo como preparação para o exercício das atribuições inerentes às suas funções institucionais;
CONSIDERANDO a existência da Notícia de Fato SIMP 000091-259/2022 – 1ªPJC, com prazo de tramitação escoado, previsto na Resolução nº 174/2017 – CNMP.
CONSIDERANDO, a necessidade de instrução do feito, para apuração dos fatos, bem como a ocorrência de irregularidades e eventual improbidade administrativa.
CONVERTO a Notícia de Fato SIMP 000091-259/2022 no presente INQUÉRITO CIVIL SIMP 000091-259/2022 – 1ªPJC, para o aprofundamento da apuração das irregularidades noticiadas.
Determino, para tanto, as seguintes medidas:
1. Autue;
2. Registre em Sistema Próprio – SIMP;
3. Oficie-se à Coordenação de Documentação e Biblioteca, encaminhando a presente Portaria, em meio magnético, para publicação;
2. Designo para desempenhar as funções de Secretária do procedimento a servidora PAULA BRITO DA SILVA, Técnica Ministerial – Área Administrativa, lotada nesta Promotoria de Justiça, dispensado o termo de compromisso;
3. O objeto do presente inquérito civil fica restrito à apuração de pagamentos de altos salários, sob justificativas de plantões médicos, sem a prestação do respectivo serviço;
4. Cumpra as determinações do Despacho, ID 2087629.

Juiz manda devolver fiança a comerciante que matou ladrão

Um comerciante de 44 anos foi vítima de uma tentativa de assalto, em Campo Limpo Paulista, no interior de São Paulo, a 60 quilômetros da capital. O caso ocorreu em 24 de junho.

Nas imagens das câmeras de segurança, é possível ver que a vítima está dentro do carro, quando outro veículo, com dois bandidos, parou ao lado. Um dos assaltantes, que estava armado, anunciou o assalto. O comerciante reagiu e matou o ladrão. O comparsa fugiu. A vítima saiu do carro, chutou a arma do bandido (que era de brinquedo) e esperou a chegada da polícia.

O comerciante é colecionador de armas e possui o registro para atividades de caçador, atirador desportivo e colecionar (CAC), emitido pelo Exército brasileiro.

Vítima teve de pagar fiança

Na noite da tentativa de assalto, o comerciante foi encaminhado para a delegacia, mas não houve prisão, uma vez que delegado considerou que houve legítima defesa por parte da vítima. No entanto, ele foi enquadrado em flagrante por porte irregular de arma de fogo — a pistola 9 milímetros foi apreendida. A autoridade estabeleceu uma fiança de R$ 6 mil para a vítima responder ao processo em liberdade.

Juiz reverteu decisão

Ao analisar o caso, o  juiz estadual Orlando Haddad Neto mandou devolver a arma apreendida e o dinheiro da fiança, que foi depositado em uma conta judicial. O magistrado considerou que o arbitramento da fiança não se mostrou justificável.

Haddad informou, no despacho, que o comerciante voltava do trabalho à noite e que pretendia frequentar o clube de tiro à tarde. O juiz ainda esclareceu que a autorização emitida pelo Exército é bastante “rigorosa e indica, além de conduta social adequada, um preparo mínimo para o manuseio do armamento”.

Como o comparsa do bandido morto fugiu, o magistrado ainda considerou que a vítima está em nítida situação de vulnerabilidade sem o armamento.

“Há evidente preocupação, portanto, com a segurança e a integridade do indiciado e de seus familiares, haja vista a possibilidade de que, após o óbito de um dos roubadores, o outro possa vir ao seu encalço por represália. Daí se conclui que o indiciado está em nítida situação de vulnerabilidade, desguarnecido de seu armamento”, fundamentou o juiz.

 

Presidenciáveis que já criticaram o sistema eleitoral brasileiro

Pré-candidatos ao Palácio do Planalto atacaram o presidente Jair Bolsonaro nesta terça-feira, 19, em virtude das críticas do chefe do Executivo às urnas eletrônicas. No passado, contudo, esses personagens repetiram Bolsonaro. A seguir, acompanhe a seleção realizada pela Revista Oeste:

Lula

“É uma pena que o Brasil não tenha um presidente que chame 50 embaixadores para falar sobre algo que interesse ao país”, escreveu o petista. “Emprego, desenvolvimento ou combate à fome, por exemplo. Ao invés disso, conta mentiras contra nossa democracia.”

Em 6 de junho de 2002, meses antes da eleição presidencial, Lula pôs as urnas eletrônicas em xeque. “Nada é infalível, só Deus”, disse. “Vamos pegar o que aconteceu aqui, quantas denúncias já foram feitas de defunto que vota, de cidades que têm mais eleitores do que habitantes.” Para ele, dado esse histórico, “não sabemos se a urna pode ser manipulada ou não”.

Simone Tebet

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) também se pronunciou nas redes sociais. “O Brasil passa vergonha diante do mundo”, escreveu a parlamentar. “O presidente convocou embaixadores e utilizou de meios oficiais e públicos para desacreditar mais uma vez o sistema eleitoral brasileiro. Reforço minha confiança na Justiça Eleitoral e no sistema de votação por urnas eletrônicas.”

Há sete anos, no entanto, a congressista defendeu a impressão do comprovante do voto. Tebet apoiou a derrubada do veto da então presidente, Dilma Rousseff, ao voto auditável. “Será que o meu voto depositado na urna, depois de processado, se concretiza?”, questionou, em uma entrevista. “Então, para que o eleitor tenha tranquilidade, e ele possa saber que a partir de 2016 e 2018 ele vai ter a comprovação, nós optamos por derrubar o veto de Dilma.”

Ciro Gomes

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) também entrou no rol dos que atacaram Bolsonaro. Segundo o pedetista, o presidente “cometeu vários crimes de responsabilidade”. “Temos de buscar instrumentos legais para retirá-lo do cargo”, publicou Ciro.

Há um ano, Ciro defendeu a adoção do voto auditável para “aperfeiçoar a urna eletrônica”. “Qual o problema em tornar um sistema, que já é bom, em um sistema melhor?”

Operação Odoacro: Polícia Federal apura fraudes e desvios na Codevasf

A Polícia Federal (PF) iniciou nesta quarta-feira, 20, a Operação Odoacro, a fim de desarticular uma associação criminosa que promovia fraudes licitatórias, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro. Os crimes eram praticados com as verbas federais da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

A operação da PF foi realizada nas cidades de São Luís, Dom Pedro, Codó, Santo Antônio dos Lopes e Barreirinhas. Todas localizadas no Estado do Maranhão (MA). A investigação constatou a existência de um esquema de lavagem de dinheiro com o uso do dinheiro dos pagadores de impostos.

A averiguação indicou a utilização das mesmas práticas, pessoas “testa-de-ferro” e empresas de fachada, encontradas em 2015 quando a Polícia Civil identificou uma associação criminosa que desviava recursos públicos em Dom Pedro, uma das cidades onde a operação foi realizada hoje.

Depois da investigação de 2015, a polícia constatou que o esquema criminoso cresceu com o passar dos anos. Contudo, somente uma mudança foi realizada: a origem da verba que era desviada tornou-se federal.

De acordo com a PF, foi descoberta a criação de empresas de fachada a fim de fazê-las competirem entre si para sempre vencer as licitações da empresa principal do grupo, que possui importantes contratos com a Codevasf.

O líder do grupo, apelidado de imperador, colocava as empresas e bens em nome de outras pessoas e tinha contas bancárias vinculadas a CPF’s falsos. O imperador utilizava esse instrumento para cometer fraudes e dificultar a atuação dos órgãos de fiscalização.

Os agentes da PF cumpriram determinações judiciais que foram expedidas pela 1ª Vara Federal de São Luís (MA), decorrente de uma representação da própria PF. Ao todo, foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão e um de prisão temporária (para o imperador).

Caso as suspeitas sejam confirmadas, os investigados podem responder criminalmente por fraude à licitação, lavagem de dinheiro e associação criminosa. A pena poderia chegar a 16 anos de prisão.

Uma vez que o líder da organização era chamado de “imperador”, o nome da operação é uma alusão ao sobrenome do soldado italiano Flavius Odoacro que liderou uma revolta colocando fim ao Império Romano.

A Codevasf é uma empresa pública, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional. A empresa desenvolve bacias hidrográficas de forma integrada e sustentável, a fim de “reduzir as desigualdades regionais”

Fonte: revista Oeste