Sistema Arara Azul – Codó Notícias | O melhor e mais completo site da Região dos Cocais - Blog do Jeferson Abreu, Notícias de Codó e Região.

Mãe confessa agressões que mataram bebê

A Polícia Civil aponta uma reviravolta na investigação da morte da pequena Emanuelly de apenas 1 ano, em Santa Rita do Araguaia, região sudoeste de Goiás, no último dia 19. De acordo com o delegado Marcos Guerini, a mãe da bebê, Jaqueline Vieira, confessou o crime após novo depoimento na delegacia de Mineiros na tarde desta segunda-feira (29).

Ainda de acordo com o delegado, Gabriel Felizardo Silva, padrasto da menina, que está preso por ter inicialmente confessando o crime, mudou a versão e não teve participação na morte da criança.

Segundo Marcos Guerini, Jaqueline ainda não apresentou advogado e foi até a delegacia com o irmão, mas disse a ele que não tinha a intenção de matar a filha. Já o advogado Nelson Oliveira Batista, responsável pela defesa de Gabriel, disse que vai pedir que o rapaz seja solto até esta sexta-feira. A defesa relatou que Gabriel “tinha inicialmente assumido o crime porque achou que Jaqueline esperava um filho dele e, no primeiro instante, não sabia da gravidade e achou que ia ficar tudo bem”.

“Mesmo com a confissão do Gabriel no dia em que foi preso, nós não nos contentamos muito com esta história e nós continuamos investigando ouvindo diversas outras testemunhas, juntando o laudo pericial cadavérico, o laudo pericial do local do crime e aí sempre ficou aquela suspeita no entorno de talvez ter a participação da mãe”, afirmou o delegado

Ainda segundo Guerini, resolveu ouvir novamente o Gabriel na semana passada, que já tinha dito para o advogado que não era ele o autor das agressões, e hoje fez um novo interrogatório da Jaqueline.

“Diante de tudo que a gente tinha, do que eu pude mostrar a ela, acabou confessando que o Gabriel não teve participação nessas agressões. Que na verdade foi ela que bateu com a cabeça da criança contra a parede, em duas oportunidades, uma no quarto da criança e posteriormente no quarto dela onde a criança estava deitada e isso causou a lesão que resultou na morte. O Gabriel não estava presente em nenhum destes momentos”, contou Marcos Guerini.

Ao delegado a mãe disse que não tinha a intenção de causar a morte de Emanuelly. “Na verdade, ela disse que não tinha a intenção nem de machucar e nem muito menos de matar. Ela não imaginou que esse ato, que essa agressão pudesse ocasionar um ferimento de tamanha gravidade. Então, foi uma situação que, na visão dela, foi um resultado acidental”, afirmou Guerini.

Ainda de acordo com o delegado, Jaqueline, inicialmente, chegou na delegacia disposta a manter a mesma versão de que a criança tinha caído da cama e que não sabia como tinha acontecido, a mesma que ela contou em entrevista à TV Anhanguera.

“A partir do momento que nós já tínhamos as outras provas concretas e que nós mostramos a ela, que havia com o atribuir a ela autoria, ela então, muito desesperada, chorando de verdade, não como o choro na entrevista anterior, confessou e deu os detalhes”, afirmou o delegado.

Sobre a motivação, Guerini informou que a mulher disse que não era nada contra a filha. “O motivo, alegado por ela, acabou sendo um motivo íntimo, não de raiva conta a própria criança, foi mais uma explosão de raiva dela mesmo. A criança acabou estando no lugar errado na hora errada.

Já sobre o fato de Gabriel ter assumido a autoria, o que inclusive foi registrado em um vídeo, o delegado disse que o homem achava que Jaqueline estava grávida e não queria que ela fosse presa. Só que a mulher confessou ao delegado que nunca esteve esperando um filho de Gabriel.

“A primeira pergunta que fiz a ele foi por que ele assumiu? Ele respondeu que gostava muito dela e que havia uma desconfiança de que ela estaria grávida dele e ele viu que os dois iriam presos e então resolveu assumir sozinho, que ele teria cometido o crime para que ela ficasse em liberdade, já prevendo que ela poderia estar grávida dele. Essa foi a justificativa que ele deu”, contou o delegado.

Para o delegado não mias necessidade de Gabriel seguir preso.

“A Polícia Civil entende que não mais a necessidade da prisão, inclusive nós vamos mandar esse expediente ao juiz neste sentido, mas vou indiciá-lo por atribuir falsamente autoria de crime, mas não pelo homicídio. Para a investigação, vou informar que não há necessidade mais da prisão, mas é o juiz que vai decidir se o mantém preso ou não”, disse Marcos.

No caso da Jaqueline, o delegado contou que, “nesse momento, avaliou que não há necessidade da prisão dela”.

“A investigação amanhã será concluída (terça) e o inquieto já vai amanhã para o Fórum. Daí o critério da análise da necessidade da prisão provisória dela vai ser direto no Fórum. A Jaqueline vai ser indiciada. Eu ainda estou analisando se será por lesão corporal seguida de morte ou homicídio doloso, intencional, em razão do dolo eventual. Vou decidir isso no momento que seu estiver concluindo o relatório amanhã”, afirmou Marcos, que assumiu o caso após a licença do delegado Júlio César Arana Vargas.

CRIME

De acordo com as investigações, após a agressão, na noite de sexta-feira (19), o casal a levou para um hospital da cidade. Porém, ela acabou sendo transferida para uma unidade de saúde em Rondonópolis (MT). Ela não resistiu aos ferimentos.

O delegado até então responsável pelo caso, Júlio César Arana Vargas, disse que a forma como a criança chegou ao hospital deixou os médicos em alerta. Então, a PM foi acionada.

O casal foi levado até Mineiros, também na região sudoeste, onde alegaram, inicialmente, que a criança tinha caído na cama. O delegado, então, solicitou uma perícia na residência, tendo em vista que as lesões da menina eram “desconectadas” com o discurso dos pais.

Fonte: G1
*ROTA POLICIAL JATAÍ👮👮*

Em Codó dupla é presa com arma de fogo no bairro Trizidela

Na noite deste domingo, 28, durante policiamento ostensivo, policiais que reforçavam o policiamento ostensivo do 17°BPM, efetuaram a prisão em flagrante de dois homens por porte ilegal de arma de fogo no local denominado Alto do Bode, bairro Trizidela.

A guarnição após visualizar dois homens (Lindomar Oliveira e Leandro Rafael Sena) em atitude suspeita que estavam numa motocicleta modelo Honda Bros fez o acompanhamento tático e durante abordagem e revista pessoal conseguiu localizar uma arma de fogo calibre 38 com 06 munições intactas.

Os acusados alegaram que são seguranças e jurados de morte, motivos que não justificam o porte da arma de fogo.

Os conduzidos e o revólver foram apresentados na DP.

ASSCOM

Quadrilha explode três bancos e aterroriza a população em Campo Maior

Um grupo de criminosos fortemente armados explodiu pelo menos três agências bancárias no município de Campo Maior, que fica a cerca de 90 km ao Norte de Teresina (PI). A ação criminosa ocorreu por volta das 1h desta terça-feira (30).

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram que os criminosos explodiram as agências do banco do Brasil e Caixa Econômica, também há informações que a ação criminosa também teve como alvo o banco Bradesco.

Durante a madrugada a população ficou amedrontada com o grande número de tiros disparados pelos criminosos para intimidar a Polícia Militar que teria ido até o local do crime. Ainda não se sabe se os criminosos conseguiram levar o dinheiro dos caixas eletrônicos.

Aguarde mais informações!

Fonte:Fala Piauí

Codoenses conquistam 4 pódios em Morros, na primeira etapa do maranhense de ciclismo 2019

José Cardoso “Marabá” (azul) e Francisco “Irmão” (amarelo) em dose dupla no pódio de Morros

Após conquistar a 3ª etapa do campeonato de Vargem Grande, o ciclista codoense Francisco da  Silva Araújo, conhecido como “Irmão”, conquistou por duas vezes o 2º lugar na etapa de Morros do Campeonato Maranhense de Ciclismo 2019, nas categorias: contra o relógio e resistência.

Troféus e medalhas conquistados na etapa de Morros 2019

Desta vez, Francisco teve a companhia de outro codoense: José Cardoso de Sousa Filho, popularmente conhecido como “Marabá”, que fez dobradinha no pódio com o “Irmão’, ficando em 3º lugar nas categorias: contra o relógio e resistência.

Francisco que é Campeão da Copa Mearim 2018 e maranhense 2018 master B1 contra-relógio e resistência estrada, ainda disputará as últimas etapas em Vargem Grande e todas as etapas do campeonato maranhense 2019.

Segundo Francisco, é um prazer muito grande representar Codó nas competições de ciclismo, mas poderia ter melhores resultados se tivesse mais apoio dos patrocinadores da iniciativa pública e privada, pois as bikes são caras e as manutenções também, sem esquecer das despesas com viagens e alimentação.

Fredson Ricardo – CREF 3573/g-MA

AÇAILÂNDIA :Mulher acusada de assassinar companheiro é condenada a 11 anos de prisão

O juiz Frederico Feitosa, titular da 2ª Vara Criminal de Açailândia, presidiu uma sessão do Tribunal do Júri nesta quarta-feira (24), na Câmara de Vereadores de Açailândia. O julgamento teve como ré a mulher Gabrielle Ferreira da Costa, que estava sendo acusada de homicídio contra Manoel de Jesus Araújo Frazão, com quem vivia maritalmente. Ela foi considerada culpada pelo conselho de sentença e recebeu a pena definitiva de 11 anos e oito meses de reclusão. Ela não poderá recorrer em liberdade, haja vista que esteve presa durante todo o processo.

De acordo com a denúncia, o crime ocorreu em 31 de janeiro de 2018, na residência do casal que fica no bairro Vila Ildemar, na sede do município. Gabrielle relatou que estava ingerindo bebida alcoólica e fazendo uso de entorpecentes com Manoel de Jesus, quando começaram uma forte discussão. Em depoimento à polícia, ela afirmou que disparou vários tiros em Manoel. Após investigação, foi constatado que a arma que estava com o casal, uma pistola ‘Ponto 40’, era de propriedade da Polícia Militar.
Segue a denúncia relatando que Gabrielle Ferreira e Manoel de Jesus viviam juntos há três anos. Após cometer o crime, Gabrielle fugiu, sendo capturada algum tempo depois quando embarcava em uma van de passageiros, indo para o Município de Buriticupu. Durante o julgamento, o conselho de sentença rejeitou a tese de legítima defesa, argumento utilizado pelos advogados da acusada.

Além do juiz Frederico Feitosa, atuaram na sessão do Tribunal do Júri a promotora de Justiça Sandra Fagundes Garcia, na acusação, e os advogados Antônio Rodrigues Serejo, Vilamar Serejo de Sousa, e Andressa Serejo. Gabriele Ferreira da Costa deverá cumprir a pena imposta pela Justiça em Regime inicialmente fechado.

Bolsonaro pede que Banco do Brasil reduza juros para agropecuária

O presidente Jair Bolsonaro fez nesta segunda-feira, 29, um apelo público ao presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, para que a instituição financeira estatal reduza os juros dos empréstimos cobrados do setor agropecuário, durante discurso na cerimônia de abertura da Agrishow, feira do setor agropecuário realizada em Ribeirão Preto (SP).

“Eu apenas apelo, Rubens —me permite fazer uma brincadeira aqui, né?—, eu apenas apelo para o seu coração, para o seu patriotismo, para que esses juros —tendo em vista você parecer um cristão de verdade— caiam um pouquinho mais. Tenho certeza que as nossas orações tocarão o seu coração”, disse o presidente.

A afirmação fez com que as ações ordinárias —que dão direito a voto— do Banco do Brasil chegassem a cair 1,72% no Ibovespa, por volta das 12h30. Às 15h33, os papéis da estatal estavam em queda de 0,62%.

Ativos de outros bancos também acompanharam o movimento. As ações preferenciais do Bradesco, por exemplo, estavam, às 15h33, entre as mais negociadas do dia, com queda de 1,31%. No mesmo horário, os papéis preferenciais do Itaú caiam 0,53%.

Bolsonaro também defendeu a realização de uma reforma agrária “sem viés ideológico” que deve começar pelo o que ele chamou de “lotes ociosos”.

Além disso, o presidente disse que será disponibilizado mais 1 bilhão de reais para o seguro rural, mas não deu detalhes. “Vocês, do campo, precisam de ajuda em alguns setores, não apenas que o Estado não atrapalhe, precisam de ajuda. Agradeço aqui o nosso prezado Rubem Novaes, presidente do Banco do Brasil, que traz 1 bilhão de reais para investir nessa área”, afirmou o presidente em seu discurso.

Intervenção no banco

Na semana passada, Bolsonaro já havia vetado uma propaganda do Banco do Brasil que estimula a abertura de conta corrente por meio do aplicativo da instituição financeira e é marcado pela diversidade e juventude dos personagens. O diretor de comunicação e marketing da estatal, Delano Valentim, foi afastado do cargo.

O Banco do Brasil afirmou que o presidente da instituição, Rubem Novaes, concordou com Bolsonaro sobre a necessidade de retirar do ar a peça publicitária. O afastamento de Valentim, que está de férias, foi um “consenso”, segundo o banco, que não informou o motivo do veto presidencial à campanha, que estava no ar desde o início de abril.

(Com Reuters)

Presas irmãs que assassinaram jovem a facadas em Matinha MA

O delegado Regional da cidade de Viana, David Noleto, em vídeo divulgado nas redes sociais, confirmou a prisão das irmãs Tainá dos Santos e Tainara dos Santos, que assassinaram a facadas a jovem Kelrry Daiana Mouzinho, de 25 anos, no dia 09 de abril, na cidade de Matinha.

Elas foram localizadas por policiais do Grupo de Serviço Avançado (GSA) do 27º BPM, nesta segunda-feira (29), em uma quitinete, na região central da cidade de Rosário, a 67 km de São Luís.

A assassinas foram levadas à delegacia e estavam aguardando a chegada do advogado para, então, serem ouvidas pelo delegado Mário Vicente. Em seguida, elas serão encaminhadas para a Unidade Prisional de Pedrinhas, onde ficarão à disposição da Justiça.

No dia 10, 24 horas após o crime e passado o período de fragrância, as irmãs se apresentaram na Delegacia Regional de Rosário, acompanhadas por um advogado, mas foram liberadas porque não havia mandado de prisão contra as mesmas.

Três dias após o crime, elas tiveram suas prisões decretadas pelo juiz da cidade de Matinha, Celso Serafim.